Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/918598
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Soja - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2011
Type of Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Authors: SILVA, A. P. da
BABUJIA, L.
DALL'AGNOL, R. F.
MATSUMOTO, L. S.
LUCA, M. J. de
NOGUEIRA, M. A.
HUNGRIA, M.
Additional Information: ADRIANA PEREIRA DA SILVA, CNPSo; LETÍCIA CARLOS BABUJIA, CNPSo; REBECA FUZINATTO DALL`AGNOL, CNPSo; LEOPOLDO SUSSUMU MATSUMOTO, CNPSo; MARCO JAVIER DE LUCA, CNPSo; MARCO ANTONIO NOGUEIRA, CNPSo; MARIANGELA HUNGRIA DA CUNHA, CNPSO.
Title: Atividades enzimáticas como indicadores de qualidade do solo.
Publisher: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE MICROBILOGIA, 26.; SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE BACTÉRIAS LÁTICAS; ENCONTRO NACIONAL DE PROFESSORES DE MICROBIOLOGIA; SIMPÓSIO DE COLEÇÕES DE CULTURAS, 4., 2011, Foz do Iguaçu. Anais... São Paulo: SBM, 2011.
Language: pt_BR
Notes: Resumo, 1000-1.
Description: Estudos conduzidos na última década evidenciaram a superioridade do sistema de plantio direto na palhada, em comparação com o sistema de plantio convencional, em propriedades químicas e físicas do solo. Os parâmetros microbiológicos, como a atividade microbiana, têm sido apontados indicadores sensíveis de alterações provocadas por diferentes sistemas de uso e manejo do solo. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a atividade enzimática em um Latossolo Vermelho Eutroférrico sob plantio direto e convencional, em sete profundidades (0-5; 5-10; 10-20; 20-30; 30-40; 40-50 e 50-60 cm), com a sucessão soja/ trigo (verão/inverno). Foram avaliadas as atividades da celulase, da desidrogenase e das fosfatases ácida e alcalina. Os resultados mostraram diferenças na atividade enzimática promovidas pelo manejo do solo, que podem ter profundas implicações em sua funcionalidade. A celulase e a desidrogenase apresentaram maior atividade na profundidade de 0-5 cm sob o sistema de plantio convencional; nas demais profundidades, a atividade destas enzimas foi superior no sistema de plantio direto. Isso ocorre porque no sistema de plantio direto a adição contínua de C pelos resíduos culturais favorece a estratificação da matéria orgânica no perfil do solo, influenciando diretamente a atividade enzimática em camadas mais profundas. As atividades das fosfatases ácida e alcalina foram superiores na camada superficial de 0- 5 cm em plantio convencional. Contudo, no plantio direto a atividade das fosfatases variou pouco entre as profundidades, sendo superior ao plantio convencional. Sabe-se que o revolvimento do solo no sistema de plantio convencional favorece a atividade enzimática na camada superior, por promover a incorporação de resíduos vegetais na superfície, aumentando a aeração e a disponibilidade de substrato, o que estimula temporariamente a atividade dos microrganismos. Os resultados deste estudo evidenciam que a atividade enzimática do solo é um indicador sensível de alterações na qualidade do solo, promovidas pelo manejo.
Thesagro: Microbiologia.
Data Created: 2012-03-13
Appears in Collections:Resumo em anais de congresso (CNPSO)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
atividades.enz..pdf13,11 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace