Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/938122
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Meio-Norte - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2012
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: CARVALHO, G. M. C.
AZEVEDO, D. M. M. R.
LIMA NETO, A. F.
NASCIMENTO, H. T. S. do
FROTA, M. N. L. da
ARAUJO NETO, R. B. de
BLACKBURN, H. D.
Additional Information: GERALDO MAGELA CORTES CARVALHO, CPAMN; DANIELLE MARIA MACHADO R AZEVEDO, CPAMN; ANISIO FERREIRA LIMA NETO, CPAMN; HOSTON TOMAS SANTOS DO NASCIMENTO, CPAMN; MARCILIO NILTON LOPES DA FROTA, CPAMN; RAIMUNDO BEZERRA DE ARAUJO NETO, CPAMN; HARVEY D. BLACKBURN, USDA/ARS.
Title: Uso de touros Curraleiro Pé-Duro em vacas Nelore para produção de carne no Nordeste do Brasil.
Publisher: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 49., 2012, Brasília. A produção animal no mundo em transformação: anais. Brasília, DF: SBZ, 2012.
Pages: 3 p.
Language: pt_BR
Keywords: Taurino tropicalmente adaptado
Recurso genético animal
Raças raras
Aquecimento global
Description: O objetivo deste estudo foi avaliar o uso de uma raça taurina tropicalmente adaptada como uma opção na produção de carne em áreas tropicais quentes. Os dados foram coletados nos anos de 2008 a 2010 no rebanho de conservação in situ Curraleiro Pé-Duro (CPD), Nelore (Nel) e nos produtos de seus cruzamentos (F1), pertencentes à Embrapa Meio-Norte, Piauí, Brasil. Foram avaliados os pesos de machos e fêmeas, do nascimento aos 28 meses de idade, quando os tourinhos de cada grupamento foram abatidos para avaliação de carcaça e carne. As características de carcaça avaliadas foram o peso da carcaça quente, rendimento de carcaça (RC), área de olho-de-lombo (AOL) e índice resultante da relação entre AOL e RC divididos por 100 kg de carcaça produzida (Index). Para maciez foram medidas a força de cisalhamento, capacidade de retenção de água, cor, pH e perda por cocção. Os bezerros que nasceram nos três primeiros meses do ano pesaram mais ao desmame que os que nasceram nos meses seguintes. Altos níveis de heterose foram observados, levando o F1 a produzir 15 kg de carne a mais por animal no abate que a geração paterna. Ambos, Nel e F1 não mostraram diferenças de peso e pesaram mais que os CPD. Os F1 e CPD apresentaram maior AOL e RC que o Nel. A carne do CPD foi mais macia e estes tiveram melhor RC e juntamente com o F1 obtiveram Index significativamente maior que o Nel. Os resultados mostraram que o CPD e F1 podem produzir mais carne por área que o Nel em regiões quentes.
Data Created: 2012-10-25
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPAMN)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
sbz20126281.pdf749,85 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace