Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/948923
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Acre - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 8-Fev-2013
Tipo do Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: SANTOS, R. C. dos
APOLINÁRIO, A. J.
SIVIERO, A.
HAVERROTH, M.
Informaçães Adicionais: AMAURI SIVIERO, CPAF-AC; MOACIR HAVERROTH, CPAF-AC.
Título: Caracterização dos quintais do polo agroflorestal Adeli Bento, Sena Madureira, AC.
Edição: 2012
Fonte/Imprenta: In: FÓRUM MUNDIAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA, 2., 2012. Florianópolis. Democratização, emancipação e sustentabilidade: anais. [Florianópolis]: Fórum Mundial de Educação; Instituto Federal de Santa Catarina, 2012.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Quintal urbano
Pólo Agroflorestal Adeli Bento
Acre
Sena Madureira (AC)
Conteúdo: Estudos específicos com quintais urbanos são raros, principalmente na Amazônia. Os quintais urbanos exercem um papel importante na mudança da paisagem e no microclima e por possuir valor na complementação nutricional das famílias. Este trabalho teve como objetivo caracterizar os quintais do Polo Agroflorestal Adeli Bento no município de Sena Madureira, AC. Foram diagnosticados aspectos socioeconômicos das famílias e um levantamento das espécies vegetais cultivadas em quintais agroflorestais situados no Pólo Agroflorestal Adeli Bento no primeiro semestre de 2011. O trabalho foi realizado com uso de um questionário aplicado em entrevista presencial contendo perguntas semi-estruturadas ao responsável pelo quintal. As espécies vegetais foram identificadas no campo e através de comparação na literatura especializada e classificadas botanicamente e quanto ao seu uso pelos moradores. Os resultados indicaram uma alta riqueza e diversidade de espécies sendo identificadas 45 espécies alimentares, principalmente, fruteiras e plantas medicinais cultivadas no solo, caixas de madeira e vasos. O perfil do responsável pelos quintais pode ser do gênero masculino ou feminino, apresenta média de 46 anos, mora no local há 5,5 anos, tem baixa escolaridade e cultiva plantas no quintal para uso na alimentação, confecção de remédios caseiros e bem estar.
Thesagro: Agricultura familiar
Ano de Publicação: 2012
Aparece nas coleções:Resumo em anais de congresso (CPAF-AC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
24622.pdf769,15 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace