Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/978866
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Uva e Vinho - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2013
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: CRIZEL, G. R.
FERREIRA, W. A.
ROMBALDI, C. V.
RITSCHEL, P. S.
GIRARDI, C. L.
Additional Information: Giseli Rodrigues Crizel, UFPEL; WANDERSON ARAUJO FERREIRA, CNPUV; Cesar Valmor Rombaldi, UFPEL; PATRICIA SILVA RITSCHEL, CNPUV; CESAR LUIS GIRARDI, CNPUV.
Title: Determinação de antocianinas totais em uvas de vinho, suco e de mesa através de método não destrutivo.
Publisher: In: CONGREGA URCAMP; MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 11.; MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 9., 2013, Santana do Livramento. Anais... Bagé: Ediurcamp, 2013.
Pages: p. 1-11.
Language: pt_BR
Keywords: Sensor óptico fluorescência
Método não destrutivo
Ponto de colheita
IC
CNPUV.
Iniciação cientifica
Anais
Description: No Brasil, poucos são os estudos sobre métodos não destrutivos que utilizam sensores de fluorescência, tornando-se de primordial importância desenvolver trabalhos que possibilitem acompanhar a maturação e determinar o ponto de colheita para uvas. Diante disso tem-se o objetivo de validar o novo sensor de fluorescência (Multiplex®3) como método não destrutivo para determinar o estádio de maturação de uvas tintas no que se concerne os teores de antocianinas. Para isso, o acúmulo destes compostos foi acompanhado durante a safra de 2012, realizando-se cinco colheitas semanais após a veraison em uvas tintas destinadas a elaboração de vinho cv. Marcelan, suco cv. Cora e mesa Arkansas 2095. Essas medições foram realizadas tanto na pré-colheita (campo) quanto na pós-colheita (trilho) com auxilio do sensor óptico de fluorescência. Nessas amostras foram avaliados o teor de SS (ºBrix), pH, AT (% ác. tartárico) e diâmetro da baga. As amostras foram posteriormente congeladas a -20°C para análises de antocianinas através do método convencional. A presença de correlações entre os dois métodos foi analisada através do coeficiente de correlação de Pearson. Os parâmetros físico-químicos de maturação tiveram comportamento esperado com a evolução da maturação, ocorrendo o incremento dos teores de açucares, redução da acidez e um aumento no diâmetro das bagas. Os índices de antocianinas (mV) medidos com Multiplex® correlacionaram significativamente na pré-colheita com o método convencional através de uma função exponencial (r= 0,90* para cv. Marcelan, r= 0,52** para cv. BRS Cora e r=0,89** para cv. Arkansas 2095). Na pós-colheita os dados obtidos pelo sensor Multiplex® correlacionaram através da função exponencial (r=0,73** para cv. BRS Cora e r=0,86** cv. Arkansas 2095). Não ocorrendo correlação para cv. Marcelan (r= 0,82ns). Esses resultados mostram que o sensor de fluorescência representa uma ferramenta rápida e não destrutiva para monitorar e determinar acúmulo antocianinas de uvas tintas.
Thesagro: Viticultura
Uva
Colheita
Maturação
Antocianina.
Data Created: 2014-02-06
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CNPUV)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CongregaUrcamp2013Girardi2.pdf406,44 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace