Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/98455
Unidade da Embrapa/Coleção:: Área de Informação da Sede - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 8-Mar-1999
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: GOMES, J.B.V.
REZENDE, M.R.S.B. de
MENDONCA, E. de S.
Informaçães Adicionais: CNPS
Título: Solos de tres areas de restinga. I. Morfologia, caracterizacao e classificacao.
Edição: 1998
Fonte/Imprenta: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.33, n.11, p.1907-19, nov.1998.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Podzois
Podzois hidromorficos
Areias Quartzosas Marinhsa
Podzolizacao
Gleyic podzols
Luvic Arenosols
Podzolization
Conteúdo: O objetivo deste trabalho foi caracterizar morfologica, fisica e quimicamente e classificar os solos de tres areas de restinga do litoral norte fluminense sob diferentes coberturas vegetais. O local Lagoa do Robalo (LGR) possui perfis de Podzol Hidromorfico com um horizonte espodico de acumulacao de material humico. No canto do Santo Antonio (CSA) estao compreendidas areias pouco diferenciadas, classificadas como Areias Quartzosas Marinhas intermediarias para Podzol, assim adjetivadas para realcar o debil processo de acumulo subsuperficial de material fino e de materia organica. Em Campos Novos (CNO), os perfis de Podzois com horizonte subsuperficial espodico de acumulacao de material oxidico associado a materia organica sao bem diferenciados. Na LGR, os perfis de Podzois Hidromorficos ocorrem como funcao da conjuncao do material de origem inerte e poroso; da prsenca permanente de um lencol freatico flutuante proximo a superficie; e da vegetacao nativa arbustiva. No CSA, os perfis de Areias Quartzosas Marinhas intermediarias para o Podzol, com excecao do horizonte superficial, poucas e tenues diferencas foram impostas pela troca da cobertura vegetal nativa pelo uso agricola. Em CNO o perfil sob pasto esta drasticamente despodzolizado. A exuberancia do horizonte Bshx do perfil sob cobertura vegetal nativa e extremamente influenciada pelo eficiente dessecamento imposto pelo consumo de agua da floresta local.
Ano de Publicação: 1998
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (AI-SEDE) / Embrapa Informação Tecnológica (SCT)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
pab15096.doc123 kBMicrosoft WordVisualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace