Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1000551
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Semiárido - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 19-Nov-2014
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: SILVA, T. G. F.
MOURA, M. S. B. de
ZOLNIER, S.
SOUZA, L. S. B. de
Informaçães Adicionais: THIERES GEORGE FREIRE SILVA, Unidade Acadêmica de Serra Talhada, Universidade Federal Rural de Pernambuco; MAGNA SOELMA BESERRA DE MOURA, CPATSA; SÉRGIO ZOLNIER, UFV; LUCIANA SANDRA BASTOS DE SOUZA, Unidade Acadêmica de Serra Talhada, Universidade Federal Rural de Pernambuco.
Título: Biomassa seca acumulada, partições e rendimento industrial da cana-de-açúcar irrigada no Semiárido brasileiro.
Edição: 2014
Fonte/Imprenta: Revista Ceres, Viçosa, MG, v. 61, n. 5, p. 686-696, set/out. 2014.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Análise de crescimento
Cana-de-açúcar.
Conteúdo: Objetivou-se, com este trabalho, determinar parâmetros de crescimento e de rendimento da cana-de-açúcar cv. RB92579, sob regime de irrigação, no Semiárido brasileiro, visando a avaliar o desempenho desta cultura nas condições edafoclimáticas locais. Foram avaliados o acúmulo de biomassa seca e as suas respectivas partições, durante dois ciclos consecutivos de cana-de-açúcar (soca e ressoca), além dos indicadores de rendimento e de qualidade da cultura ao final do período experimental. Em ambos os ciclos, foram realizadas dez coletas de amostras para se determinar a biomassa seca de seis componentes estruturais dos perfilhos (folhas verdes, bainhas, parte emergente, pseudocolmos, folhas e bainhas mortas e colmo). A cana-de-açúcar apresentou elevado acúmulo de biomassa seca da parte aérea da planta, com valor médio de 6.493 g m-2 para os dois ciclos de cultivo. No início do seu crescimento, os fotoassimilados foram destinados prioritariamente às folhas verdes, bainhas, parte emergente e pseudocolmos. Em fase posterior de crescimento, os fotoassimilados passaram a ser utilizados na formação dos colmos. Os resultados obtidos foram muito semelhantes para os ciclos de soca e ressoca. Os modelos ajustados para descrever a evolução da biomassa seca e de suas respectivas partições apresentaram ajustes satisfatórios, em função dos dias após o corte. O elevado rendimento industrial (133,88 ± 40,84 t ha-1) e a alta concentração de sacarose por biomassa seca (0,34 ± 0,10 g g-1) proporcionaram valores elevados de produção de açúcar (17,75 ± 4,44 t ha-1) e de álcool (12,73 ± 3,23 t ha-1), indicando alto desempenho produtivo da RB92579 para a região.
Thesagro: Bioenergia
Biomassa.
NAL Thesaurus: Sugarcane
Ano de Publicação: 2014
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CPATSA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Magna2014.pdf628,51 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace