Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1002378
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Territorial - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2014
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: RONQUIM, C. C.
GUILARDI, V.
AGUIAR, D. A. DE
RUDORFF, B. F. T.
Additional Information: CARLOS CESAR RONQUIM, CNPM; VITOR GUILARDI, BOLSISTA CNPM; DANIEL ALVES DE AGUIAR, AGROSATÉLITE GEOTECNOLOGIA APLICADA; BERNARDO FRIEDERICH THEODOR RUDORFF, AGROSATÉLITE GEOTECNOLOGIA APLICADA.
Title: Uso de geotecnologias para avaliação da expansão das áreas de cana-de-açúcar em municípios de Mato Grosso do Sul.
Publisher: In: SIMPÓSIO DE GEOTECNOLOGIAS NO PANTANAL, 5., 2014, Campo Grande, MS. Anais... São José dos Campos: INPE, 2014. p. 268-275.
Language: pt_BR
Keywords: Mudança de uso e cobertura da terra
Nova Alvorada do Sul
Rio Brilhante.
Description: Este estudo analisou a dinâmica de uso e cobertura da cana-de-açúcar em Mato Grosso do Sul (MS) e nos municípios de Rio Brilhante e Nova Alvorada do Sul, entre 2006 e 2013. A recente expansão das áreas de cana em MS foi correlacionada à de municípios canavieiros paulistas. Por meio da investigação das séries temporais de dados do sensor MODIS e da interpretação de imagens do sensor Thematic Mapper (TM), foram avaliadas as mudanças de uso e cobertura das terras. O mapeamento foi baseado em imagens dos sensores ETM+ do satélite Landsat 7 e TM do Landsat 5. A área de cana-de-açúcar em MS em 2006 era de 182.406 ha e passou a ser de 755.294 ha na safra de 2013/2014, um aumento de mais de 400% em sete anos. Em 2006, 5,6% da área de Rio Brilhante (22.206 ha) era ocupada com cana, enquanto Nova Alvorada do Sul apresentava 3,7% (14.978 ha). Atualmente as áreas de cana em Rio Brilhante (MS) e Nova Alvorada do sul (MS) representam em torno de 25% em cada município (96.570 ha e 84.600 ha respectivamente). Análises da dinâmica de uso e cobertura de municípios de MS correlacionada à dinâmica da cana-de-açúcar em municípios paulistas podem ser úteis por servirem de exemplo para apoiar as políticas públicas na reorganização espacial do MS, que apresenta elevada produção de alimentos e características territoriais muito específicas, como a frágil diversidade do Bioma Pantanal e uma delicada questão envolvendo a demarcação das terras indígenas.
Thesagro: Sensoriamento Remoto.
Data Created: 2014-12-11
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CNPM)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
4231.pdf1,91 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace