Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1003534
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Soja - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2014
Type of Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Authors: BORTOLOTTO, O. C.
POMARI-FERNANDES, A.
MIKAMI, A. Y.
SILVA, G. V.
BUENO, A. de F.
Additional Information: ORCIAL C. BORTOLOTTO, UFPR; ALINE POMARI-FERNANDES, IAPAR; ADRIANA Y. MIKAMI, UFPR; GABRIELA V. SILVA, UEL; ADENEY DE FREITAS BUENO, CNPSO.
Title: Aspectos biológicos de Heliothis virescens (Lepidoptera: Noctuidae) alimentada com grãos verdes de milho em diferentes temperaturas.
Publisher: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENTOMOLOGIA, 25., 2014, Goiânia. Entomologia integrada à sociedade para o desenvolvimento sustentável: anais. [Londrina]: SEB, 2014.
Pages: não paginado
Language: pt_BR
Description: A lagarta-da-maçã do algodão Heliothis virescens (Fabricius, 1781) (Lepidoptera: Noctuidae) é uma praga polífaga, com grande capacidade de dano em lavouras de milho devido à capacidade de alimentar-se das espigas. Apesar disso, ainda são escassas as informações sobre o desenvolvimento dessa espécie nessa cultura, o que dificulta a recomendação de estratégias de controle. Desse modo, este trabalho objetivou avaliar aspectos biológicos de H. virescens alimentada com grãos de milho em diferentes temperaturas. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado, com 10 repetições (n=7 lagartas individualizadas/repetição). Os grãos de milho, (híbrido 2B688), no estágio grão pastoso, foram ofertados ad libitum nas temperaturas constantes de 25°, 28° e 31°C (70% UR e fotofase de 14 hs). A partir do 5° instar larval foi avaliado também o consumo (g) de grãos. Foram avaliados os parâmetros reprodutivos da fase adulta do inseto. O aumento da temperatura reduziu a fase jovem assim como o consumo de grãos de milho, que foi menor a 31ºC. Apesar disso, não se verificou diferença na viabilidade larval da praga. O peso e viabilidade de pupa não foram afetados pela temperatura, porém houve redução na duração da fase pupa-adulto aos insetos submetidos a 31ºC. Durante a fase adulta, o parâmetro de fecundidade não diferiu entre as temperaturas, porém na temperatura mais elevada (31ºC) os ovos foram 100% inviáveis. Os resultados obtidos neste estudo demonstram que H. virescens pode se alimentar dos grãos de milho e completar o seu ciclo nas três temperaturas estudadas, porém é na faixa entre 25 e 28 ºC que a praga encontra as condições ideais para o seu desenvolvimento.
Thesagro: Praga de planta
Milho
Entomologia.
NAL Thesaurus: Plant pests
Corn
Data Created: 2014-12-23
Appears in Collections:Resumo em anais de congresso (CNPSO)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
bortolotto.pdf74,66 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace