Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1007188
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Amazônia Oriental - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2013
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: OLIVEIRA JUNIOR, R. C. de
SILVA, A. D. da
GALLO, J.
OLIVEIRA, D. R. de
MARTINS, I. C. T.
TANABE, C. S.
Additional Information: RAIMUNDO COSME DE OLIVEIRA JUNIOR, CPATU; Alessandra Damasceno da Silva, ULBRA SANTARÉM; Juliano Gallo, ULBRA SANTARÉM; Daniel Rocha de Oliveira, ULBRA SANTARÉM; Isabel Cristina Tavares Martins, ULBRA SANTARÉM; Celso Shiguetoshi Tanabe, ULBRA SANTARÉM.
Title: Estabilidade de agregados e superfície específica de solos do nordeste paraense.
Publisher: Espaço Científico, Santarém, v. 14, n. 2, p. 21-29, 2013.
Language: pt_BR
Keywords: Agregados
Superfície Específica
Pará.
Description: Os solos foram classificados conforme normas do Sistema Brasileiro de Classificação de Solos (5ª Aproximação) adotadas pela EMBRAPA SOLOS. As amostras de solos deformadas foram analisadas no Laboratório de Solos da EMBRAPA/CNPS, de acordo com a metodologia desse órgão. As determinações foram feitas na terra fina seca ao ar, proveniente do fracionamento subsequente à preparação da amostra. Os resultados mostram que, com exceção do perfil 02 (LAdm), os solos estudados apresentam elevada percentagem de agregados maiores que 0,5 mm. Observa-se, também, uma redução na percentagem destes agregados como aumento da profundidade, exceto no perfil 02 (LAdm).A predominância de valores elevados da percentagem de agregados maiores que 0,5mm nos horizontes superficiais dos solos estudados, assim como sua redução com a profundidade, é explicada pela ação mais intensa dos fatores de formação de agregados de maior diâmetro, nos horizontes superficiais, principalmente, pela matéria orgânica, cujos teores são, relativamente, mais elevados nos horizontes superficiais,reduzindo-se em profundidade. Verifica-se que os valores da superfície específica total (St) variam de 32,3 a 135,6 m2/g, decrescendo gradativamente com a profundidade na maior parte dos solos, exceto nos perfis 02 (LAdm), 03 (LVAda) e 04 (PAdm/a) que apresentam valores da St aumentando em profundidade, devido ao baixo valor de carbono nos horizontes superficiais e aumento gradativo da fração argila e óxidos de ferro em profundidade. Os valores da St são mais elevados nos solos que apresentam maioresteores de óxidos de ferro ematéria orgânica, evidenciando sua influência na superfície específica nestas unidades
Thesagro: Solo.
Data Created: 2015-01-29
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CPATU)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
v14n2p21.pdf612,38 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace