Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1014214
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorCANIZELLA, B. T.pt_BR
dc.contributor.authorVENDRAME, P. R. S.pt_BR
dc.contributor.authorMARQUEZIN, P. P.pt_BR
dc.contributor.authorFELIX, J. C.pt_BR
dc.contributor.authorBRITO, O. R.pt_BR
dc.contributor.authorABADE, V. S.pt_BR
dc.contributor.authorMARCHAO, R. L.pt_BR
dc.date.accessioned2015-04-24T11:11:11Zpt_BR
dc.date.available2015-04-24T11:11:11Zpt_BR
dc.date.created2015-04-24pt_BR
dc.date.issued2014pt_BR
dc.identifier.citationIn: CONGRESO LATINOAMERICANO DE LA CIENCIA DEL SUELO, 20.; CONGRESO PERUANO DE LA CIENCIA DEL SUELO, 16., 2014, Cusco. Educar para preservar el suelo y conservar la vida en la tierra. Cusco: Centro de Convenciones de la Municipalidad del Cusco, 2014. 1 Pendrive.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1014214pt_BR
dc.descriptionA textura dos solos tem sido determinada através de métodos analíticos que muitas vezes são caros e lentos. Ademais, em solos muito argilosos, a dispersão química e mecânica nem sempre é eficiente em separar a fração silte da fração argila, superestimando o conteúdo de silte dos solos. O objetivo do trabalho foi testar a espectroscopia de reflectância de infravermelho próximo (NIRS) na avaliação da textura de solos de basalto. Foram coletadas 214 amostras de terra na região Norte do Estado do Paraná, Brasil, nos municípios de Bela Vista do Paraíso e Londrina, em áreas com predominância de Latossolos, Nitossolos e Neossolos, classificados. As amostras foram coletadas nas profundidades de 0-20 cm e 60-80 cm. Foi realizada análise textural pela dispersão química e mecânica e em seguida as amostras foram escaneadas em um espectrômetro modelo FOSS NIRS SYSTENS XDS, na banda de reflectância entre 400 e 2500 nm. Os dados espectrais foram analisados e comparados aos resultados obtidos com o método da pipeta, através do software WinISI III v. 1.61e. Foi possível verificar que na camada 60-80 cm os teores de argila foram superiores aos da camada 0-20 cm, em função de pequenas translocações de argila verificadas nesses solos. Em relação à predição da textura pelo NIRS, não foi possível obter boa acurácia para nenhuma das frações granulométricas analisadas, uma vez que os coeficientes de correlação da calibração foram apenas 0,55; 0,55 e 0,53 para argila, silte e areia, respectivamente. Nesta situação o indicado seria testar novos métodos de análise de referência e novos tratamentos estatísticos para se ter um melhor indicativo do potencial de uso da técnica.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectReflectânciapt_BR
dc.subjectSolo basálticopt_BR
dc.titleEspectrometria de infravermelho próximo na predição da textura de solos desenvolvidos de basalto.pt_BR
dc.typeResumo em anais e proceedingspt_BR
dc.date.updated2015-04-24T11:11:11Zpt_BR
dc.subject.thesagroSolopt_BR
dc.subject.thesagroEspectrometriapt_BR
dc.subject.thesagroTextura do solopt_BR
dc.subject.thesagroCerradopt_BR
dc.subject.nalthesaurusSoilpt_BR
dc.subject.nalthesaurusSpectroscopypt_BR
dc.subject.nalthesaurusReflectancept_BR
dc.subject.nalthesaurusSoil texturept_BR
dc.subject.nalthesaurusBasaltic soilspt_BR
dc.subject.nalthesaurusSavannaspt_BR
dc.subject.nalthesaurusBrazilpt_BR
riaa.ainfo.id1014214pt_BR
riaa.ainfo.lastupdate2015-04-24pt_BR
dc.contributor.institutionROBELIO LEANDRO MARCHAO, CPAC.pt_BR
Appears in Collections:Resumo em anais de congresso (CPAC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CongressoLatinoamericanoPeruanoCienciadoSolo3.pdf121,48 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace