Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1014715
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSANTOS, G. R.pt_BR
dc.contributor.authorFERNANDES, P. C. C.pt_BR
dc.contributor.authorMONTEIRO, S. do N.pt_BR
dc.contributor.authorBARROS, K. K. da S.pt_BR
dc.contributor.authorMARTORANO, L. G.pt_BR
dc.date.accessioned2015-04-29T11:11:11Zpt_BR
dc.date.available2015-04-29T11:11:11Zpt_BR
dc.date.created2015-04-29pt_BR
dc.date.issued2015pt_BR
dc.identifier.citationIn: ENCONTRO AMAZÔNICO DE AGRÁRIAS, 7., 2015, Belém, PA. Segurança alimentar: diretrizes para Amazônia. Belém, PA: UFRA, 2015.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1014715pt_BR
dc.descriptionO experimento teve como objetivo avaliar o consumo diário em bubalinos suplementados com torta de amêndoa de Palma de Óleo para subsidiar estratégias de adoção desses subprodutos nas dietas dos animais. Na Fazenda Senador Álvaro Adolpho da Embrapa/Projeto PECUS, participou-se de experimentos com 4 búfalos em delineamento experimental fatorial de 4 animais x 4 tratamentos. Dietas foram fornecidas em cochos e as sobras eram pesadas e analisadas. Foram aplicadas 4 dietas, sendo uma sem farelo da torta de Palma de Óleo (dieta controle) e, três com diferentes proporções de farelo de amêndoa. Os quatro animais participaram do rodízio de dietas, nas quatro fases, desse planejamento experimental que durava 20 dias cada fase. Na primeira fase, os resultados evidenciaram que nos primeiros 9 dias de aplicação das dietas, houve rejeição pelos três animais que receberam suplemento com adição do farelo de amêndoa. Já o farelo de trigo foi preferência unanime para todos os animais quando foram submetidos à dieta controle. Ao receber pela primeira vez o farelo de amêndoa, um animal (n°4) expressou dificuldades em adaptação, deixando em média 1,2 kg no cocho. A dieta que expressou maiores ganhos de peso durante os 90 dias de experimento foi com suplementação farelo de trigo adicionada ao farelo de amêndoa de Palma de óleo. Essas evidências podem ser uma alternativa suplementar, em períodos de baixa oferta de forragem. Dietas utilizando coprodutos de Palma de Óleo permitem a mantença e, podem minimizar as emissões de GEE em períodos de baixa oferta de pastagens.pt_BR
dc.format1 CD-ROM.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectCoprodutos de agroindústriaspt_BR
dc.titleAvaliação de consumo de farelo da torta de amêndoa de palma de óleo em bubalinos.pt_BR
dc.typeArtigo em anais e proceedingspt_BR
dc.date.updated2016-03-01T11:11:11Zpt_BR
dc.subject.thesagroEfeito Estufapt_BR
dc.subject.thesagroGanho de Pesopt_BR
dc.subject.thesagroMetanopt_BR
dc.description.notesVII ENAAg.pt_BR
riaa.ainfo.id1014715pt_BR
riaa.ainfo.lastupdate2016-03-01pt_BR
dc.contributor.institutionGabriel Rodrigues Santos, GRADUANDO UFRA; PAULO CAMPOS CHRISTO FERNANDES, CPAC; Samanta do Nascimento Monteiro, GRADUANDA UFRA; Karen Kueture da Silva Barros, GRADUANDA UFRA; LUCIETA GUERREIRO MARTORANO, CPATU.pt_BR
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPAC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
34551.pdf429,84 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace