Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1021112
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorPIRES, A. M. M.pt_BR
dc.contributor.authorMATTIAZZO, M. E.pt_BR
dc.contributor.authorCHANG, A.pt_BR
dc.contributor.otherADRIANA MARLENE MORENO PIRES, CNPMA; M. E. MATTIAZZO, ESALQ/USP; A. CHANG, Environmental Sciences/University of California, Riverside, EUA.pt_BR
dc.date.accessioned2015-07-31T11:11:11Zpt_BR
dc.date.available2015-07-31T11:11:11Zpt_BR
dc.date.created2015-07-31pt_BR
dc.date.issued2005pt_BR
dc.identifier.other14234pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1021112pt_BR
dc.descriptionUm método que estime a fitodisponibilidade dos metais pesados originários de lodo de esgoto é essencial na avaliação de riscos do uso agrícola deste resíduo. Muitos métodos foram desenvolvidos, entretanto, a eficiência destes varia muito em função da concentração do metal no biossólido, do processo de obtenção do resíduo, do tipo de solo, da presença de outras espécies químicas, da espécie vegetal e do metal em questão. Isto é atribuído ao fato de que estes extratores não simulam as reações que ocorrem na rizosfera. Alguns autores sugerem que com a introdução de um ?dreno infinito? em solos tratados com biossólidos, pode-se simular a cinética destas reações que refletem a fitodisponibilidade dos metais pesados (Jing & Logan, 1991; Lee & Zheng, 1993).As resinas de troca iônica podem agir como drenos de metais em soluções aquosas. Portanto, o presente estudo consistiu em adaptar métodos de extração com resina quelante, modificando-se procedimentos experimentais, com o objetivo de estimar o teor de metais pesados fitodisponíveis em solos tratados com biossólidos. Após os testes, determinou-se a marcha analítica e testou-se a eficiência do método utilizando-se amostras de uma área com milho cultivado em solo tratado com biossólido. As correlações entre o teor de metais pesados na parte aérea do milho e os extraídos das amostras de solo pela resina resultaram nos seguintes coeficientes: Cd (0,73), Cr (0,97), Cu (0,80), Ni (0,83), Pb (0,99) e Zn (0,97). Estes coeficientes foram superiores aos obtidos com Mehlich 3 e DTPA.pt_BR
dc.description.uribitstream/item/127325/1/2005AA-094.pdfpt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherIn: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA EM RESÍDUOS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL; CICLO DE CONFERÊNCIAS SOBRE POLÍTICA E GESTÃO AMBIENTAL, 2004, Costão do Santinho, Florianópolis/SC. [Anais...] Costão do Santinho, Florianópolis/SC.: ICTR, NISAM, 2004. p. 365-373.pt_BR
dc.relation.ispartofEmbrapa Meio Ambiente - Artigo em anais de congresso (ALICE)pt_BR
dc.subjectLodo de esgotopt_BR
dc.subjectElementos-traçopt_BR
dc.titleResina quelante como extrator de teores fitodisponíveis de metais pesados em solos tratados com biossólidos.pt_BR
dc.typeArtigo em anais de congresso (ALICE)pt_BR
dc.date.updated2015-08-20T11:11:11Zpt_BR
dc.subject.thesagroResinapt_BR
dc.ainfo.id1021112pt_BR
dc.ainfo.lastupdate2015-08-20pt_BR
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CNPMA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2005AA094.pdf4,26 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace