Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1027470
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorROCHA, T. M. G.pt_BR
dc.contributor.authorVICENTE, L. E.pt_BR
dc.contributor.authorMATTOS, S. H. V. L. DEpt_BR
dc.contributor.authorPAIM, F. A. de P.pt_BR
dc.contributor.authorMORAES, M. C. DEpt_BR
dc.date.accessioned2015-10-29T16:02:43Z-
dc.date.available2015-10-29T16:02:43Z-
dc.date.created2015-10-28pt_BR
dc.date.issued2015pt_BR
dc.identifier.citationIn: CONGRESSO INTERINSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 9., 2015. Anais... Campinas: IAC, 2015.pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1027470pt_BR
dc.descriptionO presente trabalho tem como objetivo identificar o desempenho das métricas de paisagem a partir do sensor RapidEye a fim de verificar se existe diferença significativa nos padrões vegetacionais identificados na mesma área pelo sensor ASTER. Para tanto, foram utilizadas métricas de paisagem para avaliar a complexidade dos padrões vegetacionais da mata da Fazenda Paradouro, em Dourados, MS. Utilizando uma cena do sensor RapidEye, foram selecionadas três regiões aparentemente distintas no interior da mata. Para cada uma destas regiões, foram escolhidas três áreas amostrais para avaliar a complexidade dos padrões a partir das métricas de paisagem baseadas na entropia informacional He/Hmax e SDL. Os resultados foram comparados com aqueles obtidos em imagem ASTER por Rocha e Mattos (2014) para as mesmas áreas. A partir da análise comparativa, foi possível identificar que os padrões vegetacionais, mesmo que análogos aos níveis de complexidade, apresentam variações em suas medidas, oriundas de cada sensor/banda, o que nos leva à recomendação de seu uso eficiente quanto à qualificação/diferenciação entre alvos.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectEntropia informacionalpt_BR
dc.subjectHe/Hmaxpt_BR
dc.subjectMétricas de paisagempt_BR
dc.subjectSDLpt_BR
dc.titleIdentificação de padrões vegetacionais em imagens do sensor RapidEye comparado ao sensor ASTER utilizando medidas de complexidade.pt_BR
dc.typeArtigo em anais e proceedingspt_BR
dc.date.updated2015-10-29T16:02:43Zpt_BR
dc.format.extent28 p.pt_BR
riaa.ainfo.id1027470pt_BR
riaa.ainfo.lastupdate2015-10-28pt_BR
dc.contributor.institutionTHAIS MARIA GONÇALVES ROCHA, ESTAGIÁRIA CNPM; LUIZ EDUARDO VICENTE, CNPM; SÉRGIO HENRIQUE VANNUCCHI LEME DE MATTOS, BOLSISTA; FERNANDO ANTONIO DE PADUA PAIM, CNPM; MARISTELLA CRUZ DE MORAES, BOLSISTA CNPM.pt_BR
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CNPM)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
4586.pdf403,07 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace