Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1029978
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Soja - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2015
Type of Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Authors: QUEIROZ, A. P.
BUENO, A. de F.
FERNANDES, A. P.
MIKAMI, A. Y.
SILVA, G. V.
Additional Information: ANA P. QUEIROZ, IAPAR; ADENEY DE FREITAS BUENO, CNPSO; ALINE P. FERNANDES, Universidade Federal da Fronteira do Sul; ADRIANA Y. MIKAMI, UFPR; GABRIELA V. SILVA, UEL.
Title: Preferência hospedeira do parasitoide Telenomus remus por ovos de Corcyra cephalonica e Spodoptera frugiperda.
Publisher: In: SIMPÓSIO DE CONTROLE BIOLÓGICO, 14., 2015, Teresópolis. [Resumos...]. Londrina: Sociedade Entomológica do Brasil, 2015.
Language: pt_BR
Notes: Resumo de e-poster: TCBA 25. Siconbiol.
Description: A criação sucessiva de parasitoides em hospedeiros alternativos pode influenciar a preferência de parasitismo do inimigo natural, em virtude da existência do condicionamento pré-imaginal, adquirido durante o desenvolvimento larval do parasitoide em ovos do hospedeiro em que o mesmo está sendo criado. O objetivo desse trabalho foi avaliar a preferência hospedeira de Telenomus remus entre ovos do hospedeiro alternativo, Corcyra cephalonica, e do hospedeiro natural, Spodoptera frugiperda. Para a condução do experimento, foram utilizadas arenas adaptadas da metodologia de Thuller et al. (2007), utilizando garrafa de polietileno e cinco microtubos de plástico do tipo Duran, dispostos equidistantes na parte inferior da garrafa. O experimento foi realizado em câmara climatizada com (T: 25±2°C; UR: 80±10%; Fotofase: 14h) em delineamento inteiramente casualizado com dois tratamentos (fêmeas de T. remus provenientes de ovos de C. cephalonica e de S. frugiperda) e 15 repetições, sendo cada arena considerada uma repetição. Aproximadamente 100 ovos de S. frugiperda e de C. cephalonica foram fixados em cartelas brancas, devidamente identificadas, e inseridas em tubos do tipo Duran localizados em lados opostos da arena. Nas arenas foram liberadas quatro fêmeas de T. remus recém-emergidas (até 24 h), sendo o tempo de parasitismo permitido de 24 horas. Os parâmetros avaliados foram: porcentagem de ovos parasitados em cada hospedeiro. As fêmeas criadas em ovos de S. frugiperda atingiram porcentagens de parasitismo (57,97 e 1,82%) para ovos de S. frugiperda e C. cephalonica, respectivamente. Para o teste de preferência com fêmeas provenientes de ovos de C. cephalonica o número de ovos parasitados (55,57 e 0,00%) para S. frugiperda e C. cephalonica, respectivamente. Os resultados indicam que o parasitoide T. remus têm preferência por ovos do hospedeiro natural, S. frugiperda mesmo quando são criados por sucessivas gerações em ovos do hospedeiro alternativo, C. cephalonica, indicando que o parasitoide não adquire o condicionamento pré-imaginal a esse hospedeiro e com isso que o hospedeiro alternativo pode ser utilizado na criação massal sem prejudicar a eficiência do parasitoide.
Thesagro: Entomologia
Inimigo Natural
Inseto.
Criação Massal
NAL Thesaurus: Natural enemies
Entomology
Insect rearing.
Data Created: 2015-11-30
Appears in Collections:Resumo em anais de congresso (CNPSO)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCBA25.pdf11,14 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace