Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1031053
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorOLIVEIRA, V. B. V.por
dc.contributor.authorGAMA, M. de M. B.por
dc.contributor.authorCORREA, C. S. A.por
dc.contributor.authorSILVA, I. C.por
dc.contributor.otherVANIA BEATRIZ VASCONCELOS OLIVEIRA, CPAF-RO; MICHELLINY DE MATOS BENTES GAMA, CPAF-RO; Carmem Silvia Andrade Correa, Geógrafa, Professora da E.E.E.F.M Murilo Braga; Izabel Cristina Silva, Pedagoga, fundadora do Museu do Babaçu.por
dc.date.accessioned2015-12-09T11:11:11Zpor
dc.date.available2015-12-09T11:11:11Zpor
dc.date.created2015-12-09por
dc.date.issued2015por
dc.identifier.other17481por
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1031053por
dc.descriptionO artigo apresenta a concepção do projeto ?Práticas Educomunicativas para Popularização da Ciência Florestal: ABC e D de Produtos Florestais Não Madeireiros (PFNM)?, em execução na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Rondônia) com a participação de quatro alunos da Escola Estadual Murilo Braga, bolsistas de Iniciação Científica Júnior, pela Fundação de Amparo a Pesquisa de Rondônia (Fapero) e CNPq. O projeto, iniciado em julho de 2015, tem por objetivo promover a iniciação científica dos estudantes, por meio do desenvolvimento de pesquisas sobre os PFNM: Açaí, Babaçu e Castanha-do-Brasil, em interação com ações de pesquisa em Educomunicação, que dá suporte ao Plano de Divulgação Científica dos referidos estudos. Os objetivos do projeto estão aliados com os da Fapero, de despertar a vocação científica e incentivar talentos potenciais dos estudantes; os da Embrapa Rondônia, de promover a popularização da ciência resultante das pesquisas florestais que desenvolve; os do Museu do Babaçu de valorizar o produto; e os objetivos da Escola Murilo Braga de promover o protagonismo, a participação, o exercício da cidadania dos estudantes. A concepção metodologia tem por base a relação dialógica em Paulo Freire e a educomunicação, enquanto campo que aproxima cultura, comunicação e educação, na produção coletiva de conteúdos para a divulgação científica. Na etapa inicial já desenvolvida, o processo dialógico resultou na elaboração de projetos específicos de pesquisa, que permitiu aos estudantes compreender e vivenciar como se faz Ciência. O resultado final esperado é a elaboração de videoclipes socioambientais sobre a valorização dos PFNM estudados.por
dc.description.uribitstream/item/135178/1/Artigo1-GTPopularizacaodaCiencia-PJIniciacaoCientifica-revisado10set.pdfpor
dc.languagept_BRpor
dc.language.isoporpor
dc.publisherIn: CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO (CONEDU), 2., 2015, Campina Grande. Políticas, Teorias e Práticas: anais... [Campina Grande: Centro Multidisciplinar de Estudos e Pesquisas], 2015.por
dc.relation.ispartofEmbrapa Rondônia - Artigo em anais de congresso (ALICE)por
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectEducomunicaçãopor
dc.subjectProdutos Florestais Não Madeireirospor
dc.titleEducomunicação em projeto de iniciação científica e popularização da ciência florestal.por
dc.typeArtigo em anais de congresso (ALICE)por
dc.date.updated2016-04-13T11:11:11Zpor
dc.ainfo.id1031053por
dc.ainfo.lastupdate2016-04-13por
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPAF-RO)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo1GTPopularizacaodaCienciaPJIniciacaoCientificarevisado10set.pdf439,13 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace