Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1037225
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Meio Ambiente - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2015
Type of Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Authors: SILVA, M. S. G. M. e
LOSEKANN, M. E.
SONODA, K. C.
CARVALHO, N. C.
SAMPAIO, F. G.
CARVALHO, M. P.
MARIGO, A. L. S.
Additional Information: MARIANA SILVEIRA GUERRA MOURA E SILVA, CNPMA; MARCOS ELISEU LOSEKANN, CNPMA; KATHIA CRISTHINA SONODA, CPAC; N. C. CARVALHO, PUC-Campinas; FERNANDA GARCIA SAMPAIO, CNPMA; MARISA PEREIRA CARVALHO, CNPMA; ANA LUCIA SILVA MARIGO, CNPMA.
Title: Comunidade macrobentonica no monitoramento ambiental da piscicultura no reservatório de Funas, MG.
Publisher: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE LIMNOLOGIA: PERSPECTIVAS EVOLUTIVAS, 15., 2015. Maringá/PR. Maringá: Universidade estadual de Maringá, 2015.
Language: pt_BR
Keywords: Macroinvertebrados
Biomonitoramento
Tanque rede
Description: A aquicultura em tanques rede é uma atividade em franco desenvolvimento em nível mundial. Entretanto, a alta densidade de peixes, quando mal manejada, pode causar eutrofização oriunda da ração não consumida e de excretas dos peixes. A comunidade macrobentônica tem sido utilizada no Brasil e no mundo como bioindicadora na avaliação da qualidade da água, porém na aquicultura esta ferramenta ainda é pouco utilizada. O principal objetivo deste estudo foi relacionar a comunidade macrobentônica presente no sedimento em áreas de influência do cultivo de tilápia - Oreochromis niloticus (Günther, 1889) em tanques rede no reservatório de Furnas, MG. Para a coleta, foram selecionados seis pontos profundais, sendo cinco abaixo dos tanques rede, e um dos pontos em uma área sem produção. Foram realizadas três campanhas de campo nos meses de setembro e dezembro de 2013 e maio de 2014. As variáveis físicas e químicas: pH, condutividade elétrica, temperatura da água e oxigênio dissolvido (OD) foram medidas a 1,5 m de profundidade com uma sonda multiparâmetros YSI modelo 6600 com frequência de leitura a cada 10 minutos. O sedimento foi coletado com auxílio de draga de Ekman-Birge de 225 cm2, o qual foi fixado em formol a 4% e encaminhado ao laboratório. Foi feita a identificação em nível de família ou menor nível taxonômico possível. Foram aplicadas métricas de estrutura da comunidade, como índice de diversidade de Shannon-Wiener, dominância de Simpson, equitabilidade de Pielou, riqueza taxonômica e número de indivíduos. Com exceção do OD, que apresentou média de concentração de 4,32 mgL-1 em dezembro, todos as demais variáveis ficaram acima da média recomendada pela CONAMA 357/05 Classe 2. Foram coletados 13.026 indivíduos, sendo nove táxons pertencentes à Classe Insecta e dez táxons pertencentes a Crustacea, Mollusca, Annelida e Acari. Houve forte predominância de Chironomidae (Insecta) (94,78%) seguido de Lumbriculida (6,30%) ambos em pontos com produção aquícola e de Caoboridae (4,95%) no ponto sem produção. Quanto às métricas, todas foram maiores nos pontos com produção aquícola. E ainda, ao se aplicar o Índice da Comunidade Bentônica para a região profundal de reservatórios, proposto pela CETESB, a classificação de todos os pontos de coleta foi ?Boa?. Portanto, a piscicultura em tanque rede parece não alterar a macrofauna bentônica na sua área de influencia direta.
Data Created: 2016-02-16
Appears in Collections:Resumo em anais de congresso (CNPMA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015RA045.pdf241,64 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace