Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1039305
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Pesca e Aquicultura - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2015
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: FLORES, R. M. V.
PEDROZA FILHO, M. X.
AMBRÓSIO, L. D.
REBELATTO JUNIOR, I. A.
Additional Information: ROBERTO MANOLIO VALLADAO FLORES, CNPASA; MANOEL XAVIER PEDROZA FILHO, CNPASA; LUIZA DEZEM AMBRÓSIO; ISIDORO ANTONIO REBELATTO JUNIOR, CNPASA.
Title: Avaliação dos fatores socioeconômicos ligados à implantação de parques aquícolas: um estudo do Reservatório de Peixe-Angical, Tocantins.
Publisher: In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 53., 2015, João Pessoa. Agropecuária, meio ambiente e desenvolvimento: anais. João Pessoal: Sober, 2015.
Language: pt_BR
Keywords: Tocantins
UHE de Peixe Angical
Parque aquícola.
Description: O presente estudo avaliou os fatores socioeconômicos relacionados à implantação de parques aquícolas voltados para a produção de pescados em tanques-rede no reservatório da UHE de Peixe-Angical, localizado no Tocantins. A metodologia se baseou na análise de dados secundários e primários, sendo estes últimos coletados em campo por meio de entrevistas. Como resultado foi encontrado que uma nova fonte de renda através da criação de peixes em tanques-rede pode ser vista como alternativa para melhorar a qualidade de vida e a segurança alimentar nos municípios da região. A comunidade local, sobretudo as colônias de pescadores, demonstrou grande interesse pela piscicultura, projetando-a como uma forma mais segura de renda. No entanto, estes agentes necessitam de assistência técnica e capacitação em boas práticas de produção e aspectos gerenciais. O mercado na região do entorno do reservatório é reduzido, porém apresenta um potencial relativamente importante. Além do mercado local, a produção deste parque aquícola poderá ser direcionada para centros consumidores de maior porte, como Brasília, Goiânia e Palmas. Porém, em ambos os casos, a organização dos piscicultores de pequeno porte é fundamental tendo em vista a necessidade de consolidar maiores escalas de produção e viabilizar um sistema logístico eficiente.
Thesagro: Fator de produção
Tanque
Aquicultura.
Data Created: 2016-03-02
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CNPASA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CNPASA2015sober.pdf748,93 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace