Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1040346
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSCHENK, J. C. M.pt_BR
dc.contributor.authorPADILHA, L.pt_BR
dc.contributor.authorROSA, S. D. V. F. dapt_BR
dc.contributor.authorMALUF, M. P.pt_BR
dc.contributor.otherJULIANA C. M. SCHENK, Bolsista Pós Doutor PNPD-CNPq; LILIAN PADILHA, SAPC; STTELA DELLYZETE VEIGA F DA ROSA, SAPC; MIRIAN PEREZ MALUF, SAPC.pt_BR
dc.date.accessioned2016-03-09T11:11:11Zpt_BR
dc.date.available2016-03-09T11:11:11Zpt_BR
dc.date.created2016-03-09pt_BR
dc.date.issued2015pt_BR
dc.identifier.other956pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1040346pt_BR
dc.descriptionSementes de Coffea arabica reduzem rapidamente a sua qualidade inicial o que resulta num período curto para sua comercialização. Os frutos do café são colhidos no estádio cereja o qual coincide com a máxima qualidade fisiológica das sementes, sendo o processamento pós colheita destas sementes determinante na manutenção da sua qualidade. Este trabalho teve como finalidade caracterizar os perfis da expressão de genes em sementes submetidas a diferentes tipos de processamentos e secagens. Para tanto, frutos cereja de café sem processamento e sementes com a mucilagem removida por fermentação ou por desmucilagem mecânica foram secas à sombra ou em secadores até o teor de água de 35 e 12%. A viabilidade das sementes foi analisada pelo teste de germinação, e foram caracterizadas as respostas dos genes da Isocitratoliase -ICL, ?-galactosidase-?GAL, LEA 2 e Dehidrina. Utilizou-se sementes recém colhidas como calibrador para avaliar a expressão gênica nos diferentes tratamentos. As sementes desmuciladas mecanicamente ou por fermentação e secas à sombra até 12%, apresentaram maior viabilidade medida pela percentagem de plântulas normais no teste de germinação. A expressão do gene da ICL teve seu nível aumentado com o processamento das sementes, em até duas vezes e a secagem até 12% de umidade aumentou em até 11 vezes a expressão relativa desse gene. O gene ?GAL foi superexpresso nas sementes desmuciladas mecanicamente, estando reprimido nos demais tratamentos. O processo de secagem reprimiu a expressão desse gene nas sementes. A expressão do gene da LEA2 foi reprimida nas sementes mantidas nos frutos e a dessecação em secador promoveu a redução drástica no nível de expressão relativa deste gene em sementes desmuciladas. Por outro lado, a secagem em secador até teores de água de 12% aumentou a expressão do gene da dehidrina quando comparado à expressão nas sementes secas à sombra. Neste trabalho, foram identificados padrões de alterações na expressão gênica correlacionadas com o processamento e/ou secagem das sementes, e o trabalho será continuado buscando identificar rotas gênicas ligadas à qualidade das sementes de café.pt_BR
dc.description.uribitstream/item/140908/1/Perfis-e-expressao-genica.pdfpt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherIn: SIMPÓSIO DE PESQUISA DOS CAFÉS DO BRASIL, 9., 2015, Curitiba. Anais... Brasília, DF: Embrapa Café, 2015.pt_BR
dc.relation.ispartofEmbrapa Café - Artigo em anais de congresso (ALICE)pt_BR
dc.subjectPCR em tempo realpt_BR
dc.subjectRemoção da mucilagempt_BR
dc.subjectDesitratação.pt_BR
dc.titlePerfis de expressão gênica em sementes de café arábica submetidas a diferentes formas de processamento e secagem.pt_BR
dc.typeArtigo em anais de congresso (ALICE)pt_BR
dc.date.updated2016-03-14T11:11:11Zpt_BR
dc.subject.thesagroCoffea arabica.pt_BR
dc.ainfo.id1040346pt_BR
dc.ainfo.lastupdate2016-03-14pt_BR
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (SAPC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Perfiseexpressaogenica.pdf248.16 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace