Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1040546
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorLAURINDO, B. S.pt_BR
dc.contributor.authorLAURINDO, R. D. F.pt_BR
dc.contributor.authorNICK, C.pt_BR
dc.contributor.authorCARNEIRO, P. C. S.pt_BR
dc.contributor.authorMIZUBUTI, E. S. G.pt_BR
dc.contributor.authorSILVA, D. J. H. dapt_BR
dc.contributor.otherBRUNO SOARES LAURINHO, UFV; RENATA DIAS FREITAS LAURINDO, UFV; CARLOS NICK, UFV; PEDRO CRESCÊNCIO SOUZA CARNEIRO, UFV; EDUARDO SEITI GOMIDE MIZUBUTI, UFV; DERLY JOSÉ HENRIQUES DA SILVA, UFV.pt_BR
dc.date.accessioned2016-03-11T11:11:11Zpt_BR
dc.date.available2016-03-11T11:11:11Zpt_BR
dc.date.created2016-03-11pt_BR
dc.date.issued2016pt_BR
dc.identifier.other59105pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1040546pt_BR
dc.descriptionO objetivo deste trabalho foi avaliar genitores com potencial de hibridação para o pré?melhoramento do tomateiro (Solanum lycopersicum) quanto à resistência à requeima. Foram utilizados seis acessos de tomateiro (BGH?2102, BGH?2117, BGH?2127, BGH?2130, BGH?2332 e BGH?2343) como genitores resistentes e 15 híbridos F1 originários destes genitores. Utilizou?se o delineamento de blocos ao acaso, com três repetições. As plantas foram inoculadas com uma mistura de esporângios de Phytophthora infestans , agente etiológico da requeima, na concentração de 5x10 3 esporângios mL ?1. A área abaixo da curva de progresso da doença foi utilizada para avaliar a resistência. Realizou?se a análise dialélica, tendo se considerado o efeito de genótipos como fixo. Estimou-se a capacidade geral e específica de combinação dos acessos. O padrão de resistência dos genitores e da maioria dos F1 foi o mesmo que o das testemunhas resistentes. Foram observados: variabilidade genética aditiva entre os genitores, predominância de efeitos gênicos não aditivos e desvios de dominância bidirecional no controle do caráter. A frequência de alelos favoráveis e divergentes para resistência à requeima é maior nos acessos BGH?2117, BGH?2127 e BGH?2343.pt_BR
dc.description.uribitstream/item/140998/1/Potencial-de-hibridacao.pdfpt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherPesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 51, n. 1, p. 27-34, jan. 2016.pt_BR
dc.relation.ispartofÁrea de Informação da Sede - Artigo em periódico indexado (ALICE)pt_BR
dc.subjectCapacidade combinatóriapt_BR
dc.subjectFonte de resistênciapt_BR
dc.subjectCombining capacitypt_BR
dc.subjectSource of resistance.pt_BR
dc.titlePotencial de hibridação entre acessos de tomateiro para pré-melhoramento quanto à resistência à requeima.pt_BR
dc.typeArtigo em periódico indexado (ALICE)pt_BR
dc.date.updated2016-03-11T11:11:11Zpt_BR
dc.subject.thesagroPhytophthora Infestans.pt_BR
dc.subject.nalthesaurusSolanum lycopersicum.pt_BR
dc.ainfo.id1040546pt_BR
dc.ainfo.lastupdate2016-03-11pt_BR
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (AI-SEDE) / Embrapa Informação Tecnológica (SCT)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Potencialdehibridacao.pdf443,64 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace