Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1041515
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Café - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2015
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: BRANDÃO, I. R.
SILVA, D. M. da
SOUZA, K. R. D. de
VILAS BOAS, L. V.
SILVA, F. M. da
CARVALHO, M. A. de F.
ALVES, J. D.
Additional Information: ISABEL RODRIGUES BRANDÃO, Bolsista Embrapa Café; DAYANE MEIRELES DA SILVA, UFLA; KAMILA REZENDE DÁZIO DE SOUZA, Bolsista PNPD/CAPES/UFLA; LISSA VASCONCELLOS VILAS BOAS, UFLA; FÁBIO MOREIRA DA SILVA, UFLA; MILENE ALVES DE FIGUEIREDO CARVALHO, SAPC; JOSE DONIZETI ALVES, UFLA.
Title: Metabolismo antioxidante de pedúnculos e frutos de Coffea arabica L. com diferentes forças de desprendimento.
Publisher: In: SIMPÓSIO DE PESQUISA DOS CAFÉS DO BRASIL, 9., 2015, Curibita. Anais... Brasília, DF: Embrapa Café, 2015.
Language: pt_BR
Keywords: Dismutase do superóxido
Peroxidase do ascorbato
Fruit ripening.
Description: O objetivo deste trabalho foi investigar o metabolismo antioxidante de pedúnculos e frutos de Coffea arabica em diferentes estádios de maturação e forças de desprendimento. Frutos e pedúnculos de cafeeiro foram coletados com auxílio de um dinamômetro portátil em diferentes estádios de maturação e forças de desprendimento (10 ? 13N e 8 ? 9,9N, 6 ? 6,9N e 5 ? 5,9N, 4 ? 4,9 e 2 ? 3,9N). Após a coleta o material vegetal foi separado em cada intervalo de força pré-determinado e colocado em nitrogênio líquido até o armazenamento em ultrafreezer. Foram quantificados os níveis de peróxido de hidrogênio, peroxidação lipídica e a atividade das enzimas dismutase do superóxido, catalase e peroxidase do ascorbato. Maiores níveis de peróxido de hidrogênio foram observados no estádio cereja independente da força de desprendimento e órgão. Ocorreu diferença entre as forças, bem como entre os órgãos, sendo os maiores níveis encontrados nos frutos. Isto culminou com uma maior peroxidação lipídica nos frutos do estádio cereja na maior força de desprendimento utilizada. Em relação à atividade das enzimas antioxidantes, a dismutase do superóxido apresentou-se constante entre os estádios de maturação, bem como entre as forças, porém com maior atividade nos pedúnculos. A atividade da catalase foi maior no estádio cereja, em detrimento da atividade da peroxidase do ascorbato. Pode-se concluir que durante o processo de maturação ocorre maior produção de espécies reativas de oxigênio, com um consequente aumento nos níveis de peroxidção lipídica. Entre as enzimas antioxidantes, a catalase e a peroxidase do ascorbato atuam na tentativa de minimizar os efeitos nocivos das EROs, porém o estresse oxidativo é necessário para o processo de maturação dos frutos de Coffea arabica cv Icatu amarelo.
Thesagro: Catalase
Maturação
Fruto
NAL Thesaurus: Superoxide dismutase
Ascorbate peroxidase.
Data Created: 2016-03-21
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (SAPC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Metaboismoantioxidante.pdf212,32 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace