Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1041626
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Cocais - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Issue Date: 2013
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: FREITAS, A. C. R. de
SILVA, F. B.
Additional Information: ANTONIO CARLOS REIS DE FREITAS, CPACP; FABRÍCIO BRITO SILVA, INPE.
Title: Novas dinâmicas econômicas e espaço-temporais na fronteira agrícola maranhense situado no cerrado brasileiro.
Publisher: In: CONGRESSO DA APDEA, 7.; CONGRESSO DA SPER, 5.; ENCONTRO LUSÓFONO EM ECONOMIA, SOCIOLOGIA, AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO RURAL, 1., 2013, Évora, Portugal.
Pages: p. 4731-4743
Language: pt_BR
Keywords: Maranhão
Ocupação territorial
Impactos econômicos
Impactos ambientais.
Description: Desde a safra 2005/2006, a expansão da fronteira agrícola pela agricultura do cultivo de soja em grande escala tem intensificado a ocorrência de focos de queimada e desmatamento no bioma Cerrado Brasileiro. O Governo Federal tem direcionado esforços para ordenar o processo de ocupação territorial, bem como, controlar os focos de queimada e o desmatamento ilegal. Nesse contexto, o estado do Maranhão é estratégico por abranger os biomas Amazônia e Cerrado e a transição desses biomas com o bioma Semi-Árido. Com o presente trabalho objetivou-se avaliar econômica e ambientalmente os impactos da mudança da cobertura florestal do Cerrado maranhense. Para tanto, foram utilizados uma série histórica (2003-2012) de dados referentes a focos de queimadas e de desmatamento do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e dados do Censo Agropecuário de 2006 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) referentes ao uso da terra, as atividades agropecuárias e a estrutura agrária. A tendência do aumento de desmatamento e focos de queimada na série histórica foi medida por um índice de constância de incremento. Foram realizadas análises de volume e densidade de queimadas e o índice de concentração (gini). Os resultados obtidos demonstram que, entre os dez municípios com maior ocorrência de focos de queimada houve um aumento na quantidade e na concentração desses eventos. Neste sentido, entre 2008 e 2012 houve um aumento de 346% do número de focos de queimadas na área estudada. Portanto, conclui-se que novas dinâmicas econômicas e de ocupação do território estão se configurando na expansão da fronteira agrícola maranhense impactando o bioma Cerrado o que torna urgente a emergência de políticas estaduais e municipais alinhadas às políticas federais para conter o processo de degradação ambiental em curso na área estudada.
Thesagro: Soja
Cerrado
Degradação Ambiental.
Year: 2016-03-22
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPACP)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
p.47314743FREITASeSILVA2013.Novasdinamicaseconomicasnafronteiraagricolap.47314741.pdf15,4 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace