Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1047512
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Milho e Sorgo - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2016
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: SANTOS, C. A. dos
MARUCCI, R. C.
BARBOSA, T. A. N.
ARAUJO, O. G.
WAQUIL, J. M.
DIAS, A. S.
HEBACH, F. C.
MENDES, S. M.
Additional Information: CHRISTIANE ALMEIDA DOS SANTOS, Estagiária; ROSANGELA CRISTINA MARUCCI, Universidade Federal de Lavras; TATIANE APARECIDA NASCIMENTO BARBOSA, Estagiária; OCTAVIO GABRYEL ARAUJO, Estagiário; JOSE MAGID WAQUIL, Consultor em Manejo Integrado de Pragas; ALINE SILVIA DIAS, Estagiária; FABRÍCIO CARVALHO HEBACH, Estagiário; SIMONE MARTINS MENDES, CNPMS.
Title: Desenvolvimento de Helicoverpa spp. em milho Bt com expressão de diferentes proteínas.
Publisher: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 51, n. 5, p. 537-544, maio 2016.
Language: pt_BR
Keywords: Manejo de resistência de insetos
Manejo integrado de pragas
Proteínas Bt.
Description: O objetivo deste trabalho foi avaliar os aspectos biológicos de Helicoverpa zea e Helicoverpa armigera (Lepidoptera: Noctuidae) em híbridos de milho com expressão de diferentes proteínas. Foram avaliadas as proteínas Cry1F, Cry1A(b), Cry1A.105 + Cry2Ab2 e Vip3A e seus respectivos isogênicos convencionais. As larvas foram alimentadas com espiguetas de milho Bt e convencional, trocadas a cada dois dias. Os parâmetros avaliados foram: sobrevivência 48 horas após eclosão, sobrevivência larval, peso de larvas e de pupas, período de desenvolvimento larval e período pré‑imaginal. Observou-se efeito significativo da interação entre evento de milho Bt e espécie de Helicoverpa para todas as variáveis biológicas avaliadas. Larvas de H. armigera apresentaram maior sobrevivência 48 horas após eclosão em milho expressando a proteína Cry1F e a Vip3 em relação a H. zea. O período letal foi maior em H. armigera do que em H. zea, mas, em milho com expressão da proteína Cry1A(b), foi quatro vezes menor. Não houve sobrevivente para ambas as espécies de Helicoverpa em nenhum dos híbridos Bt avaliados. Nos isogênicos convencionais, o índice de adaptação de H. armigera foi superior ao de H. zea, o que indica maior facilidade de adaptação ao ambiente dessa espécie.
Thesagro: Biotecnologia
NAL Thesaurus: Noctuidae.
Data Created: 2016-06-21
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPMS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DesenvolvimentoHelicoverpa.pdf438,46 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace