Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1050041
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorPINTO, D. M.pt_BR
dc.contributor.otherDANIELA MACIEL PINTO, CNPM.pt_BR
dc.date.accessioned2016-08-02T11:11:11Zpt_BR
dc.date.available2016-08-02T11:11:11Zpt_BR
dc.date.created2016-08-02pt_BR
dc.date.issued2015pt_BR
dc.identifier.other4743pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1050041pt_BR
dc.descriptionDesde os tempos mais remotos, a agricultura se faz presente na história da humanidade. Formalmente, no Brasil, esta atividade teve início durante a colonização por Portugal, no final do século XV, e exerce importante papel no desenvolvimento econômico brasileiro até os dias atuais. Em termos econômicos, em particular neste setor, a Agricultura Familiar destaca-se pela produção de alimentos e geração de empregos. Apesar disto, esta modalidade passou a integrar as políticas públicas agrícolas apenas em meados dos anos 1990, com o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Com a estruturação deste programa, diversas instituições que desenvolvem pesquisas agrícolas foram estimuladas a criar soluções tecnológicas, objetivando melhorias dos processos produtivos na agricultura de base familiar. Percebe-se, entretanto, dificuldades para que as tecnologias geradas nessas instituições cheguem aos agricultores familiares e possam ser plenamente utilizadas. Conjectura-se que uma das possíveis causas está relacionada à comunicação, em especial, à forma e o conteúdo das informações produzidas e disseminadas pelas instituições de pesquisas. Assim, tendo em vista que os serviços de informação são meios auxiliares do processo de comunicação da informação, na medida em que seu objetivo maior é manter um acervo dos documentos, onde estão registrados os conhecimentos gerados no desenvolvimento de atividades de pesquisa associadas à agricultura, para acesso daqueles a quem esse conhecimento possa interessar e/ou ser necessário, este trabalho teve como objetivo sistematizar um conjunto de elementos necessários à criação e manutenção de um serviço de informação, destinado a viabilizar a transferência/comunicação da informação tecnológica, no contexto da Agricultura Familiar. Trata-se de uma pesquisa de natureza exploratória, onde buscou-se explicação dentro do contexto histórico, com vistas a situar a Agricultura Familiar brasileira. A partir desta explicação e utilizando-se referenciais da Ciência da Informação, estudou-se Informação Tecnológica, Mediação da Informação, Transferência de Tecnologias e Serviços de Informação Especializados. Como resultado, foi proposto um modelo conceitual de Serviço de Informação Tecnológica, que integra todos os atores do processo de Transferência de Tecnologias, situando o serviço como um meio estratégico para a Gestão da Pesquisa Agropecuária. Apresenta, ainda como resultados, a síntese dessa proposta conceitual, a qual é composta por um conjunto de oito elementos para a estruturação do Serviço de Informação Tecnológica.pt_BR
dc.description.uribitstream/item/145995/1/4743.pdfpt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisher2015. 179 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Escola de Comunicação e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo.pt_BR
dc.relation.ispartofEmbrapa Territorial - Tese/dissertação (ALICE)pt_BR
dc.subjectServiço de informação tecnológicapt_BR
dc.subjectTransferência de informação.pt_BR
dc.titleServiço de informação especializado como elemento de mediação: um estudo a partir da transferência de tecnologias no contexto da agricultura familiar brasileira.pt_BR
dc.typeTese/dissertação (ALICE)pt_BR
dc.date.updated2017-06-02T11:11:11Zpt_BR
dc.subject.thesagroTransferência de Tecnologia.pt_BR
dc.description.notesOrientador: Prof. Dr. Marcelo dos Santos.pt_BR
dc.ainfo.id1050041pt_BR
dc.ainfo.lastupdate2017-06-02pt_BR
Appears in Collections:Tese/dissertação (CNPM)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
4743.pdf3,23 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace