Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1053821
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Territorial - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2016
Type of Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Authors: MACUL, M. DE S.
ALVAREZ, I. A.
GARCON, E. A. M.
SILVA, A. C. C.
ALVARENGA, S. V.
Additional Information: MATEUS DE SOUZA MACUL, ESTAGIÁRIO CNPM; IVAN ANDRE ALVAREZ, CNPM; EDLENE APARECIDA MONTEIRO GARCON, CNPM; ANA CAROLINA CHIODI SILVA, ESTAFGIÁRIA CNPM; SAMANTHA VANESA ALVARENGA, BOLSISTA CNPM.
Title: Análise da evolução do uso da terra na zonal rural de Campinas, SP, de 2012 a 2014.
Publisher: In: CONGRESSO INTERINSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 10., 2016, Campinas. Anais... Campinas: Embrapa Monitoramento por Satélite, 2016. 1 p.
Language: pt_BR
Keywords: Uso do solo.
Description: A expansão das áreas urbanizadas sobre as áreas rurais faz com que os locais de produção agrícola e de vegetação nativa percam espaço para as áreas com solo impermeabilizado. Estudar alterações no uso do solo ao longo do tempo, focando nas áreas rurais, permite entender o processo de urbanização e os seus impactos na zonal rural. A área de estudo compreende a zona rural do Município de Campinas, SP. Para a análise do uso do solo, foram utilizadas imagens de alta resolução (satélite WorldView 2, resolução de 0,5 m) do ano de 2014, que foram comparadas às imagens para o ano de 2012. Foram definidas as classes de uso do solo: corpo d'água (CA), vegetação herbácea (VH), vegetação arbórea (VA), área de silvicultura (AS), área de lavouras (AL), solo exposto (SE) e área urbanizada (AU). A análise das imagens por interpretação visual revelou que as classes VA (231 ha), SE (251 ha) e AU (67 ha) aumentaram 3,79%, 58,25% e 3,20%, respectivamente. Esses aumentos ocorreram principalmente em antigas áreas de VH, classe que teve sua área reduzida em 448 ha, ou seja, diminuiu 2%. O avanço sobre as áreas anteriormente identificadas como VH e AL deu-se principalmente por SE, possivelmente utilizado para loteamentos ou obras de infraestrutura, como estradas. O crescimento de VA sugere abandono de áreas e regeneração da vegetação.
Thesagro: Campo
Sensoriamento Remoto.
Data Created: 2016-09-30
ISBN: 9788570291356
Appears in Collections:Resumo em anais de congresso (CNPM)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
4752.pdf349,07 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace