Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/105430
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorRIZZARDI, M. A.pt_BR
dc.contributor.authorSILVA, P. R. F. dapt_BR
dc.date.accessioned2011-04-09T12:12:31Z-
dc.date.available2011-04-09T12:12:31Z-
dc.date.created2001-08-15pt_BR
dc.date.issued1993pt_BR
dc.identifier.other20524pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/105430pt_BR
dc.descriptionDois experimentos foram conduzidos em Eldorado do Sul, RS, objetivando determinar a densidade de plantas mais adequada para a obtencao de elevados rendimentos de graos e oleo de diferentes cultivares, e verificar os efeitos de densidade sobre os componentes do rendimento de graos. Foram utilizadas em 1989/90 as cultivares Conti 711, DK 180 e GR-10, semeadas em 28.07 e 18.09 sob densidades de 30, 50, 70 e 90 mil plantas/ha. Em 1990/91, utilizaram-se as cultivares GR-16 e GR-10, semeadas em 26/07 e 17/09 sob densidades de 30, 50, 70 e 90 mil plantas/ha. Os resultados evidenciaram que as cultivares, em densidades distintas potencializaram o rendimento de graos e/ou oleo, independentemente da epoca de semeadura. Em 1989/90, a cultivar de ciclo curto e porte baixo (Conti 711) apresentou maior potencial de rendimento de oleo sob a densidade de 90 mil plantas/ha. Ja as cultivares de ciclo longo e porte medio e alto (DK 180 e GR-10, respectivamente) apresentaram maior rendimento de grãos e óleo na densidade de 30 mil plantas/ha. Em 1990/91, a cultivar de ciclo curto e porte baixo (GR-16) apresentou maior potencial de rendimento de graos e oleo sob densidade de 70 mil plantas/ha. Para rendimento de grãos e oleo, a cultivar GR-10 nao reagiu a densidade em funcao dos baixos tetos de rendimento de graos obtidos. Com o incremento na densidade, o numero de graos por capitulo reduziu-se de forma mais intensa nas cultivares de porte medio e alto que na cultivar de porte baixo. Quanto ao peso de 1.000 graos, as cultivares comportaram-se de forma semelhante sob variacao da densidade. O teor de oleo so reagiu positivamente a elevacao da densidade na cultivar Conti 711.pt_BR
dc.description.uribitstream/AI-SEDE/20524/1/pab04_jun_93.pdfpt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherPesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.28, n.6, p.675-687,jun.1993pt_BR
dc.relation.ispartofÁrea de Informação da Sede - Artigo em periódico indexado (ALICE)pt_BR
dc.subjectInteracao cultivar x densidade de plantaspt_BR
dc.subjectteor de oleopt_BR
dc.subjectnumero de graos por capitulo e peso de 1000 graospt_BR
dc.titleResposta de Cultivares de Girassol a Densidade de Plantas em Duas Epocas de Semeadura. I. Rendimento de Graos e Oleo e Componentes do Rendimento.pt_BR
dc.typeArtigo em periódico indexado (ALICE)pt_BR
dc.date.updated2011-04-10T11:11:11Zpt_BR
dc.ainfo.id105430pt_BR
dc.ainfo.lastupdate2004-09-27pt_BR
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (AI-SEDE) / Embrapa Informação Tecnológica (SCT)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
pab04jun93.pdf563,41 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace