Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1056479
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Soja - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2016
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: BALBINOT JUNIOR, A. A.
FRANCHINI, J. C.
DEBIASI, H.
Additional Information: ALVADI ANTONIO BALBINOT JUNIOR, CNPSO; JULIO CEZAR FRANCHINI DOS SANTOS, CNPSO; HENRIQUE DEBIASI, CNPSO.
Title: Altura de manejo da pastagem, época de dessecação de Urochloa ruziziensis e adubação nitrogenada na cultura da soja em sistema integração lavoura-pecuária.
Publisher: Revista de Ciências Agroveterinárias, Lages, v. 15, n. 2, p. 124-133, 2016.
Language: pt_BR
Keywords: Adubação nitrogenada
Integração lavoura-pecuária
ILPF.
Description: RESUMO: O cultivo integrado da soja com pastagens é uma das principais formas para diversificar os sistemas de produção de grãos no Brasil. O objetivo dessa pesquisa foi avaliar o efeito de intensidades de pastejo em U. ruziziensis, de épocas de dessecação desta em relação à semeadura da soja e da adubação da cultura com nitrogênio mineral sobre o crescimento e o desempenho produtivo da cultivar de soja NK 7059 RR. Foram testadas três alturas de manejo da pastagem de U. ruziziensis (15, 35 e 50 cm), pastejada de forma contínua por seis meses, além de um piquete sem pastejo, constituindo quatro experimentos distintos. Em cada experimento foi utilizado o delineamento de blocos completos casualizados, com três repetições, em esquema de parcelas subdivididas. Nas parcelas foram alocadas quatro épocas de dessecação da pastagem (35, 28, 20 e 8 dias antes da semeadura da soja) e, nas subparcelas, a adubação nitrogenada na soja (sem N ou com 30 kg de N ha-1 na semeadura). Após a análise estatística de cada experimento, realizou-se análise conjunta. As intensidades de pastejo não afetaram significativamente o crescimento e o desempenho da soja cultivada em sucessão. O aumento do intervalo entre a dessecação e a semeadura da soja e a adubação nitrogenada na cultura incrementaram o crescimento e o acúmulo de N no início do ciclo de desenvolvimento da cultura, mas essas diferenças foram inexpressivas no período reprodutivo, não afetando a produtividade de grãos. ABSTRACT: The integration of soybean crop with pastures is an important strategy to diversify the grain production systems in Brazil. The objective of this research was to evaluate the effect of grazing intensities in Urochloa ruziziensis, desiccation time of the pasture in relation to soybean sowing and crop fertilization with mineral nitrogen on the growth and yield of soybean, cultivar NK 7059 RR. Three grazing intensities of U. ruziziensis (15, 35 and 50 cm of plant height), were grazed continuously for six months, plus a no grazing paddock, making four experiments, were evaluated. In each experiment a randomized complete block design with three replications in a split plot design was used. In the plots were allocated four desiccation time of the pasture (35, 28, 20 and 8 days before soybean sowing) and in the subplots, nitrogen fertilization in soybean (without N or with 30 kg N ha-1 at sowing). Initially, analysis of each experiment was performed and subsequently a joint analysis was performed. The grazing intensities did not significantly affect the soybean growth and the yield. The increased interval between pasture desiccation and soybean seeding and the nitrogen fertilization on crop promoted increments in the growth and N accumulation by soybean in early development cycle. On the other hand, in the reproductive phase, these differences were negligible and did not affected the yield.
Thesagro: Pastagem
Soja.
Data Created: 2016-11-17
ISSN: 2238-1171
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPSO)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
7401257361PB.pdf1,08 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace