Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/105699
Research center of Embrapa/Collection: Área de Informação da Sede - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 1992
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: BARROS, I. de
PASQUAL, M.
Title: Variacao do pH do Meio "MS" de Cultura In Vitro como Funcao da Concentracao de Agar e do pH inicial.
Publisher: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.27, n.11, p.1513-1517, nov.1992
Language: pt_BR
Keywords: Cultura de tecidos
chapa aquecedora
autoclavagem
Description: O meio Murashige & Skoog (MS) de cultura foi ajustado para diferentes pHs (4,7; 5,7; 6,7 e 7,7) combinados com diversas combinacoes de agar (0,0; 3,5; 7,0; 10,5 e 14,0 g/l). Apos dissolucao do agar em chapa aquecedora, o pH foi medido a uma temperatura de 50-50oC, e, a seguir, o meio foi submetido a autoclavagem por 20 minutos, a 1200C. Apos a autoclavagem o pH foi novamente registrado, mantendo temperatura de 50-55oC. O meio apos chapa aquecedora,se alcalinizou em pH inicial baixo, quase nao variou em pH inicial proximo da neutralidade, e se acidificou cm pH inicial alto. A autoclavagem acidificou o meio, tanto mais quanto maior foi o pH inicial. O agar mostrou um efeito tamponante sobre a variacao do pH. Durante a autoclavagem, os extremos na acidificacao do meio se deram na ausencia do agar, decrescendo 0,82 unidades em pH inicial 7,7 e 0,18 unidades cm pH inicial 4,7. A maior alcalinizacao (0,72 unidades) se deu no aquecimento em chapa com o uso de 14 gh de agar e pH inicial 4,7.
Data Created: 2001-09-12
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (AI-SEDE) / Embrapa Informação Tecnológica (SCT)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
pab05nov92.pdf213,67 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousGoogle BookmarksMySpace