Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1057220
Research center of Embrapa/Collection: Área de Informação da Sede - Tese/dissertação (ALICE)
Date Issued: 2016
Type of Material: Tese/dissertação (ALICE)
Authors: NASCIMENTO, P. P.
Additional Information: PETULA PONCIANO NASCIMENTO, ASP.
Title: A trajetória da cooperação científica internacional da Embrapa: do emparelhamento tecnológico (catching-up) com a revolução verde à liderança tecnológica na agricultura tropical.
Publisher: 2016.
Pages: 164 f.
Language: pt_BR
Notes: Tese (Doutorado em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento) - Instituo de Economia, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.
Keywords: Agricultura tropical
Inovação agrícola
Labex
Description: A criação da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), em 1973, consolidou um novo conceito para a pesquisa e inovação no Brasil, tendo como base a estratégia de atuação nacional e internacional. Uma das primeiras premissas e pilares da estruturação da Empresa foi a necessidade de delinear e planejar um programa de excelência para capacitação de seu quadro técnico no exterior. Essa estratégia, a partir do final dos 90, quando a capacitação individual já havia avançado, ganhou uma nova dimensão e se consolidou com a implantação dos Laboratórios Virtuais no Exterior, denominados Labex's. O objetivo principal desta tese é analisar a cooperação internacional científica na trajetória da Embrapa e sua importância no desenvolvimento científico e tecnológico da agricultura brasileira. a tese possui características de um estudo de caso, pois constitui o próprio objeto de pesquisa e foi realizado com base em uma pesquisa qualitativa exploratória com uso de entrevistas semiestruturadas, que deram suporte ao estudo de caso. A revisão de literatura realizada enfatizou os conceitos básicos da teoria econômica evolucionária , que nos auxiliaram a compreender a trajetória da Embrapa como organização e a segunda base conceitual foi o institucionalismo histórico, que nos guiou na análise da trajetória da empresa e as relações com ambiente institucional com as políticas públicas da época. Foram analisados os arranjos institucionais, segundo o arcabouço conceitual identificado, que possibilitaram o desenvolvimento de projetos de pesquisa e transferência de tecnologia com alguns dos principais centros de pesquisa agrícola do mundo, relacionando-os com o processo de emparelhamento tecnológico (catching-up), ultrapassar a fronteiras (leapfrogging), inovação secundária (secondary innovation), de conflito e de coalizão de interesses da agricultura brasileira. Neste contexto, os Labex são identificados como plataformas ou redes de geração, prospecção, utilização, transferência e proteção de conhecimento e informação relevante para os processos de inovação na agricultura brasileira no qual a Embrapa é responsável por sua governança. Desta forma, no âmbito desta análise, na tese será possível identificar que temos casos onde a Embrapa é o ator dominante da tecnologia e que o Programa Labex é sim uma ferramenta estratégica para a cooperação científica da Embrapa. Por fim entende-se que as várias áreas da cooperação internacional deviam buscar uma maior sinergia para que a Embrapa possa se preparar para enfrentar os desafios futuros e garantir a manutenção de sua expertise mundialmente reconhecida em inovação para Agricultura Tropical.
Thesagro: Cooperação internacional
Data Created: 2016-11-28
Appears in Collections:Tese/dissertação (AI-SEDE) / Embrapa Informação Tecnológica (SCT)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
petulaponcianonascimento7d8ff.pdf4,06 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace