Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1060915
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Amazônia Oriental - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2016
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: LOBATO, G. de J. M.
MARTORANO, L. G.
LUCAS, F. C. A.
TAVARES-MARTINS, A. C. C.
JARDIM, M. A. G.
Additional Information: Gerciene de Jesus Miranda Lobato, UFPA; LUCIETA GUERREIRO MARTORANO, CPATU; Flávia Cristina Araújo Lucas, UEPA; Ana Cláudia Caldeira Tavares-Martins, UEPA; Mário Augusto Gonçalves Jardim, MPEG.
Title: Condições térmico-hídricas e percepções de conforto ambiental em quintais urbanos de Abaetetuba, Pará, Brasil.
Publisher: Ra'e Ga: o Espaço Geográfico em Análise, Curitiba, v. 38, p. 243-266, dez. 2016.
Language: pt_BR
Keywords: Serviços ambientais
Área urbana.
Description: A vegetação presente nos quintais contribui para o conforto ambiental e proporciona qualidade de vida às populações. O estudo objetivou avaliar a influência da vegetação nas condições térmico-hídricas e percepções de conforto em quintais no bairro Mutirão, Abaetetuba, Pará. Durante 24 dias, temperatura e umidade foram monitoradas com o auxílio de cinco sensores modelo Hobo®, instalados em quintais e em áreas com e sem vegetação. Aplicaram-se testes de Shapiro-Wilk, Tukey (5%) e calculou-se o Índice de Temperatura e Umidade (ITU). Para o ITU, estabeleceram-se, a partir dos prognósticos do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas, dois cenários e os resultados foram comparados com as percepções de conforto ambiental e bem estar dos moradores nos seus quintais. As temperaturas máximas (33,8°C) e mínimas (23,3°C) foram registradas em ambiente sem vegetação, confirmando o efeito de perda de energia para atmosfera em espaços abertos. Para umidade relativa do ar, os resultados foram estatisticamente diferentes, a exceção do Q3 (85,6%) e do Q5 (85,4%). Nas áreas com significativa presença de cobertura vegetal (Q1, Q2 e Q4) foram observadas maiores valores para umidade (88,9%; 90,0% e 91,8% respectivamente). Apesar dos dados do ITU sinalizarem níveis de desconforto nos quintais, para os moradores estes espaços representam os locais de maior agradabilidade ambiental. O quintal urbano deve ser foco de manutenção e conservação pelos moradores para atenuar efeitos de ilhas de calor na interface pavimentação-arborização
Thesagro: Vegetação.
NAL Thesaurus: Amazonia.
Data Created: 2017-01-17
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CPATU)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AS4454171471134721483207131785content1.pdf903,24 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace