Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1061137
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Gado de Corte - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2013
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: SILVA, P. M. P. da
CHIARI, L.
JANK, L.
ARAUJO, A. R. de
EUCLIDES, V. P. B.
Additional Information: PAMYLLA MAYARA PEREIRA DA SILVA, UFMS; LUCIMARA CHIARI, CNPGC; LIANA JANK, CNPGC; ALEXANDRE ROMEIRO DE ARAUJO, CNPGC; VALERIA PACHECO BATISTA EUCLIDES, CNPGC.
Title: Avaliação de cultivares de Panicum maximum Jacq. submetidas ao déficit hídrico.
Publisher: In: WORKSHOP SOBRE TOLERÂNCIA A ESTRESSES ABIÓTICOS EM PLANTAS FORRAGEIRAS, 2013, Campo Grande, MS. Anais... Brasília, DF: Embrapa, 2013. 104 p. (Embrapa Gado de Corte. Documentos, 199). Comitê técnico: Cacilda Borges do Valle; Geovani Ferreira Alves; Letícia Jungmann Cançado ; Liana Jank ; Lucimara Chiari ; Lucinete Colombo ; Sanzio Carvalho Lima Barrios ; Ulisses José de Figueiredo.
Pages: p. 37-45
Language: pt_BR
Description: No Brasil, é comum as pastagens sofrerem com o déficit hídrico durante o período de veranicos, ou secas estacionais, quando a água do solo não está disponível para a planta durante dias, semanas ou até meses, causando um decréscimo em suas atividades fisiológicas segundo Cavalcante et al. (2009). Um grande desafio aos programas de melhoramento de forrageiras é o desenvolvimento de cultivares mais tolerantes ao déficit hídrico e que sejam mais produtivas inclusive em períodos de veranicos, para isso é necessário aliar o conhecimento de diferentes áreas tais como fisiologia vegetal, biotecnologia e melhoramento genético.Segundo Mattos et al. (2005) as plantas desenvolvem certos mecanismos de adaptação ao déficit hídrico tais como: fechamento estomático, ajustamento osmótico, redução da área foliar e aumento na densidade e profundidade de raízes. Entretanto, ainda pouco se conhece sobre as características que determinam à tolerância ao déficit hídrico no gênero Panicum e o conhecimento do comportamento da forrageira em condições de estresse hídrico pode ser de grande importância prática para auxiliar no entendimento dos efeitos do período seco, possibilitando, assim, alternativas de manejo que tornem possível a melhor utilização do pasto durante esse período (Dias Filho et al., 1989). Neste trabalho o objetivo foi estabelecer um método de fenotipagem em casa de vegetação que possibilite a triagem de vários genótipos de P. maximum em curto período de tempo
Thesagro: Panicum maximum
Data Created: 2017-01-18
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CNPGC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AvaliacaodecultivaresdePanicum.pdf107,66 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace