Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1063001
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Meio Ambiente - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Issue Date: 2016
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: SILVA, J. A. da
YAMAGUCHI, C. S.
RAMOS, N. P.
CARVALHO, C. S.
ANDRADE, C. A. de
Additional Information: JOSE ADRIANO DA SILVA, CNPq; CARINA SAYURI YAMAGUCHI, IAC; NILZA PATRICIA RAMOS, CNPMA; CRISTINA SILVA CARVALHO; CRISTIANO ALBERTO DE ANDRADE, CNPMA.
Title: Decomposição da palha de cana-de-açúcar em função da proporção de ponteiros e folhas secas.
Publisher: In: CONGRESSO INTERINSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 10., 2016, Campinas. Anais... Campinas: Embrapa Monitoramento por Satélite, 2016. Resumo 16406.
Pages: 12 p.
Language: pt_BR
Keywords: Palha remanescente.
Description: Resumo: Este trabalho teve como objetivo quantificar a decomposição da palha de cana-de-açúcar em função da quantidade remanescente de folhas verdes (ponteiros) e folhas secas. O experimento consistiu de incubação (240 dias, no escuro, umidade de 70% da capacidade de retenção de água do solo e temperatura média de 28 oC) de duas quantidades de palha equivalentes a 8 e 16 t ha-1 e proporções variáveis de folhas verdes (25, 50, 75 e 100%), depositadas sobre Latossolo Vermelho Amarelo obtido da camada 0-20 cm em área sob cultivo de cana-de-açúcar. Determinaram-se C-CO2 liberado, C-CO2 acumulado, taxa de decomposição e balanço de massa de carbono na palha. O C-CO2 acumulado diminuiu com o aumento das proporções de folhas verdes adicionada apenas na maior quantidade de palha distribuída na superfície do solo. A taxa de decomposição da palha não foi influenciada pelas proporções de folhas verdes e sim pela massa distribuída inicialmente sobre o solo. Entretanto, o balanço de massa do carbono da palha apresentou relação linear com as proporções de folhas verdes nas duas quantidades aportadas. O aumento da proporção de folhas verdes na palha de cana-de açúcar depositada sobre o solo implica em redução dos fluxos de C-CO2 para a atmosfera, porém sem alteração da taxa de decomposição, o que resulta em maior potencial para sequestro de C pelo solo. Abstract: The aim of this study was to quantify sugarcane straw decomposition in function of the remaining amount of green leaves (tops) and dry leaves. The experiment consisted of incubation (240 days, in dark, humidity equivalent to 70% of soil water retention capacity and average temperature of 28oC) of straw added to soil surface at rates of 8 and 16 t ha-1, deposited on Oxisol obtained from 0-20 cm in area under sugarcane cultivation. There were determined C-CO2 released, C-CO2 accumulated, rate of decomposition and carbon mass balance in the straw. The accumulated C-CO2 decreased with increasing proportions of green leaves only added in the largest amount of straw initially added to soil surface. The straw decomposition rate was not influenced by the proportions of green leaves but by biomass initially added. However, the mass balance of the straw carbon showed a linear relation with the proportions of green leaves in two amounts added. The increased of green leaves in sugarcane straw deposited on the soil implies reduction of C-CO2 fluxes to the atmosphere, but without changing the rate of decomposition, which results in greater potential for C sequestration in soil.
Thesagro: Cana de açúcar
Decomposição
Palhada
Carbono
Nitrogênio.
Mineralização
NAL Thesaurus: Carbon nitrogen ratio
Carbon sequestration
Mineralization
Nitrogen
Sugarcane
Year: 2017-02-07
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CNPMA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016AA14.pdf382,78 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace