Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1065565
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorBATISTA, A. P. B.pt_BR
dc.contributor.authorMELLO, J. M. dept_BR
dc.contributor.authorGUEDES, M. C.pt_BR
dc.contributor.authorREIS, A. A.pt_BR
dc.contributor.otherANDERSON PEDRO BERNARDINA BATISTA, UFLA; JOSÉ MÁRCIO DE MELLO, UFLA; MARCELINO CARNEIRO GUEDES, CPAF-AP; ALINY APARECIDA REIS, UFLA.pt_BR
dc.date.accessioned2017-02-24T11:11:11Zpt_BR
dc.date.available2017-02-24T11:11:11Zpt_BR
dc.date.created2017-02-24pt_BR
dc.date.issued2016pt_BR
dc.identifier.other17665pt_BR
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1065565pt_BR
dc.descriptionA variabilidade espacial do carbono no solo pode auxiliar na compreensão das relações abióticas com a castanha-da-amazônia (Bertholletia excelsa). Assim, o objetivo deste trabalho foi verificar a dependência e distribuição espacial do teor de carbono no solo, em áreas com ocorrências de castanhais. O trabalho foi realizado na Reserva Extrativista do Rio Cajari (RESEX Cajari) região sul do estado do Amapá. Foram contabilizadas todas as castanheiras com diâmetro à altura do peito, maior ou igual a 10 cm (DAP≥10 cm) em uma parcela de nove hectares (300 x 300 m). A coleta de solo foi realizada em toda a parcela, seguindo uma grade regular (30 x 50 m), totalizando 60 pontos. O teor de carbono (C) foi associado à coordenada geográfica do ponto de coleta para o processamento dos dados por meio de técnicas geoestatísticas. O modelo Exponencial pelo método WLS foi selecionado para o ajuste junto ao semivariograma experimental para o teor de carbono no solo. Foi feita a interpolação por meio da krigagem ordinária para verificar a distribuição espacial do teor de carbono no solo e as regiões com maiores e menores concentrações. Além disso, a localização geográfica das castanheiras foi inserida no mapa. Assim sendo, o teor de carbono no solo com presença da castanheira apresentou estrutura de dependência espacial.pt_BR
dc.description.uribitstream/item/156708/1/CPAF-AP-2016-Distribuicao-espacial-do-teor-de-carbono.pdfpt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherIn: ENCONTRO BRASILEIRO DE MENSURAÇÃO FLORESTAL, 3., 2016, Piracicaba. Anais. Piracicaba: ESALQ, LCF, 2016.pt_BR
dc.relation.ispartofEmbrapa Amapá - Artigo em anais de congresso (ALICE)pt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectGeoestatísticapt_BR
dc.subjectKrigagem.pt_BR
dc.titleDistribuição espacial do teor de carbono em solo sob floresta nativa com presença da castanha-da-amazônia (Bertholletia excelsa Bonpl.) no Amapá, Brasil.pt_BR
dc.typeArtigo em anais de congresso (ALICE)pt_BR
dc.date.updated2017-03-13T11:11:11Zpt_BR
dc.subject.nalthesaurusAmazonia.pt_BR
dc.ainfo.id1065565pt_BR
dc.ainfo.lastupdate2017-03-13pt_BR
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPAF-AP)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CPAFAP2016Distribuicaoespacialdoteordecarbono.pdf617,1 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace