Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1065679
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Agrossilvipastoril - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2017
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: ARAGÃO, L. S.
CAVALCANTE, J. A. V.
SILVA, A. da
CAVALLI, J.
PEREIRA, D. H.
PEDREIRA, B. C. e
Additional Information: LIDIANY SAMPAIO ARAGÃO, UFMT-SINOP; JOSÉ ANTONIO VIEIRA CAVALCANTE, UFMT-SINOP; ANGÉLICA DA SILVA, UFMT-SINOP; JOSIANA CAVALLI, UFMT-SINOP; DALTON HENRIQUE PEREIRA, UFMT-SINOP; BRUNO CARNEIRO E PEDREIRA, CPAMT.
Title: Acúmulo de forragem nos capins quênia e tamani no bioma amazônia.
Publisher: In: JORNADA CIENTÍFICA DA EMBRAPA AGROSSILVIPASTORIL, 5., 2016, Sinop. Anais. Sinop, MT: Embrapa, 2017. p. 66-68.
Language: pt_BR
Keywords: Capim quenia
Capim tamani
Bioma amazonia
Description: O lançamento de novas cultivares surge como mais uma alternativa para a exploração dos ecossistemas pastoris, embora o processo produtivo continue limitado pela impossibilidade prática de otimizar a interceptação e a conversão de energia solar em produção primária simultaneamente com a máxima eficiência de colheita. Considerando que a produção de forragem depende do uso da luz que é interceptada pelo dossel (RODRIGUES et al. 2014), para aprimorar o sistema de produção animal é necessário o conhecimento de aspectos morfofisiológicos das plantas forrageiras. Para isso é preciso compreender os efeitos da ação do animal envolvidos na rebrotação da planta e consequentemente, na produção. Estratégias de pastejo afetam as características da forragem, mas nesse contexto a utilização interceptação luminosa (IL) permite que a planta esteja sempre em uma condição fisiológica semelhante. Quando se contrasta esta técnica com a utilização de uma estratégia de pastejo baseada em tempo cronológico, permite evidenciar as divergências entre os métodos e a inconsistência do uso do calendário como guia de manejo (PEDREIRA; PEDREIRA, 2007). Critérios morfofisiológicos da planta e estrutura do dossel são provavelmente os mais adequados e mais próximos do ideal para maximizar e potencializar o desempenho de forrageiras sob pastejo. Em função disso, objetivou-se avaliar respostas agronômicas de Panicum maximum cv. Quênia e Tamani no bioma Amazônia com diferentes intensidades de pastejo sob lotação intermitente.
Thesagro: Forragem
Data Created: 2017-03-02
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPAMT)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016cpamtpedreiraacumuloforragemqueniatamanibiomaamazoniap66.pdf125,96 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace