Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1067750
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSILVA, J. N. M.
dc.contributor.authorCARVALHO, J. O. P. de
dc.contributor.authorLOPES, J. do C. A.
dc.contributor.authorCARVALHO, M. S. P. de
dc.date.accessioned2021-04-14T14:35:21Z-
dc.date.available2021-04-14T14:35:21Z-
dc.date.created2017-03-28
dc.date.issued1984
dc.identifier.citationBoletim de Pesquisa Florestal, Curitiba, n. 8/9, p. 50-63, jun./dez. 1984.
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1067750-
dc.descriptionCom o objetivo de atender a demanda de informações acerca de relações quantitativas para a Floresta Nacional do Tapajós, Estado do Pará, selecionaram-se equações de volume para andiroba (Carapa guianensis), abiurana (diversos gêneros), jutaí-açu (Hymenaea courbaril), jarana (Holopyxidium jarana), ucuubada- terra-firme (Virola sp), taxi-vermelho (Sclerolobium chrysophyllum), maçaranduba (Manilkara huberi), além de equações abrangentes, para qualquer espécie. Testaram-se 16 equações, nove das quais considerando o volume como uma função do diâmetro à altura do peito (DAP) e sete como uma função do DAP e da altura comercial. A escolha das melhores equações foi feita com base no coeficiente de determinação e no índice de Furnival. Dentre as equações de uma entrada, a equação de Husch, In V = b0 + b1 In d, ajustou-se melhor aos dados de quase todas as espécies, com exceção de jarana e taxi-vermelho, cujas equações foram, respectivamente, In V = b0 + b1d + b2d2 e In V = b0 + b1 In d + b2d. Com relação às equações de duas entradas, a equação de Schumacher-Hall, In V = b0 + b1 In d + b2 In h, ajustou-se melhor aos dados de todas as espécies, com exceção de taxi-vermelho, cuja equação foi In V = b0+b1 In (d2h). As equações de duas entradas foram mais precisas que as de uma entrada. Os coeficientes de variação situaram-se entre 4% e 10% no primeiro caso e entre 4% e 18% no segundo caso.
dc.language.isopor
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectEquação de volume
dc.subjectAnálise de regressão
dc.subjectHolopyxidium jarana
dc.subjectSclerolobium chrysophyllum
dc.subjectFloresta Nacional do Tapajós
dc.subjectVolume equation
dc.subjectTapajos National Forest
dc.subjectTropical forest
dc.subjectAmazon
dc.titleEquações de volume para a Floresta Nacional do Tapajós.
dc.typeArtigo de periódico
dc.subject.thesagroCarapa Guianensis
dc.subject.thesagroFloresta Tropical
dc.subject.thesagroHymenaea Courbaril
dc.subject.thesagroManilkara Huberi
dc.subject.thesagroVirola sp
dc.subject.nalthesaurusAmazonia
dc.subject.nalthesaurusregression analysis
riaa.ainfo.id1067750
riaa.ainfo.lastupdate2021-04-14
dc.contributor.institutionJOSÉ NATALINO MACEDO SILVA, CPATU; JOAO OLEGARIO PEREIRA DE CARVALHO, CPATU; JOSE DO CARMO ALVES LOPES, CPATU; MANOEL SEBASTIÃO PEREIRA DE CARVALHO, Bolsista do PlEP/CNPq/EMBRAPA.
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CPATU)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Equacoes-de-volume-para.pdf2,93 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace