Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1075029
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Semiárido - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2017
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: CARMO, J. F. A. do
MOURA, M. S. B. de
SILVA, T. G. F. da
SOUZA, L. S. B. de
LEITÃO, M. de M. V. B. R.
Additional Information: JOSÉ FRANCISCO ALVES DO CARMO, Mestre, CPGEA, UNIVASF, Juazeiro-BA; MAGNA SOELMA BESERRA DE MOURA, CPATSA; THIERES GEORGE FREIRE DA SILVA, Professor, UFRPE/UAST, Serra Talhada-PE; LUCIANA SANDRA BASTOS DE SOUZA, Professora, UFRPE/UAST, Serra Talhada-PE; MARIO DE MIRANDA VILAS BOAS RAMOS LEITAO, Professor da UNIVASF.
Title: Balanço de energia e coeficiente de cultura da cana-de-açúcar por dois métodos micrometeorológicos.
Publisher: Agrometeoros, Passo Fundo, v. 25, n. 1, p. 101-111, ago. 2017.
Language: pt_BR
Keywords: Razão de Bowen
Vale do São Francisco
Saccharum spp.
Cana-de-açúcar
Description: Objetivou-se analisar os componentes do balanço de energia obtidos pelos métodos das correlações turbulentas (EC) e da razão de Bowen (BERB), e determinar a evapotranspiração e o coeficiente de cultura da cana-de-açúcar irrigada por gotejamento subsuperficial sob as condições climáticas do Submédio do Vale do São Francisco. Para tanto, densidades de fluxos de calor latente e sensível foram medidas sobre um cultivo ao longo do ciclo de produção durante o período de novembro de 2010 a outubro de 2011. Com os resultados obtidos foi possível verificar que o método EC apresentou subestimativa da energia disponível em 26%, e o fluxo de calor latente em 19% em relação ao método da Razão de Bowen. Os valores diários da fração evaporativa variaram entre 0,66 (método das correlações turbulentas) e 0,68 (método da Razão de Bowen), revelando que a maior parte da energia disponível foi convertida em evapotranspiração real. A evapotranspiração média diária da cultura diferiu entre os dois métodos, apresentando valores de 3,6 e 4,1 mm d-1 para os métodos EC e BERB, resultando em um requerimento hídrico total de 1478 mm. Os valores do coeficiente de cultura da cana-de-açúcar obtidos foram 0,54 e 075 na fase inicial, 0,83 e 0,87 na fase de máximo crescimento para os métodos EC e BERB, respectivamente, e 0,52 para a fase final, determinado pelo método BERB.
Thesagro: Balanço de energia
Evapotranspiração.
NAL Thesaurus: Sugarcane.
Data Created: 2017-09-05
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CPATSA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Magna3.pdf1,28 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace