Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1075828
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorCONCEIÇÃO, M. A. F.
dc.contributor.authorTECCHIO, M. A.
dc.contributor.authorSOUZA, R. T. de
dc.contributor.authorSILVA, M. J. R. da
dc.contributor.authorMOURA, M. F. de
dc.contributor.otherMARCO ANTONIO FONSECA CONCEICAO, CNPUV; Marco Antonio Tecchio, Professor Doutor, Universidade Estadual Paulista (UNESP/FCA), Botucatu, SP, tecchio@fca.unesp.br; REGINALDO TEODORO DE SOUZA, CNPUV; Marlon Jocimar Rodrigues da Silva, Doutorando, UNESP/FCA, Botucatu, SP, marlonjocimar@gmail.com; Mara Fernandes Moura, Pesquisadora Científica, Instituto Agronômico de Campinas (IAC), Centro de Frutas, Jundiaí, SP, mouram@iac.sp.gov.br.
dc.date.accessioned2017-09-21T00:12:11Z-
dc.date.available2017-09-21T00:12:11Z-
dc.date.created2017-09-19
dc.date.issued2017
dc.identifier.issn2526-7043
dc.identifier.other17388
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1075828pt_BR
dc.descriptionA fração da área coberta pelo dossel (fc) tem sido empregada, em diferentes regiões, para a estimativa do coeficiente de cultivo (Kc) de videiras. O presente trabalho teve por objetivo estimar os valores de Kc de videiras destinadas à produção de uvas para elaboração de suco com base nos valores de fc, nas condições do noroeste paulista. As avaliações foram realizadas de agosto a novembro de 2016 no município de Votuporanga (SP), com as cultivares Isabel Precoce e BRS Carmem enxertadas sobre os porta-enxertos ?IAC 572? e ?IAC 766?. As videiras foram conduzidas no sistema espaldeira e irrigadas por microaspersores. Os valores de fc foram obtidos ao longo do ciclo da cultura e correlacionados à soma térmica diária (ST) por meio de modelos de regressão. Os coeficientes de cultivo (Kc), foram obtidos em função da fc com base no modelo de Allen e Pereira (2009). Para a cultivar BRS Carmem, os valores de fc em função de ST cresceram de forma contínua, segundo um modelo quadrático, enquanto que, para a cultivar Isabel Precoce, os dados se ajustaram melhor ao modelo de Mitscherlich, apresentando um rápido crescimento inicial e se estabilizando após 500 °C dia, aproximadamente. Os valores médios estimados de Kc para as cultivares Isabel Precoce e BRS Carmem foram iguais a 0,81 e 0,74, respectivamente. O modelo empregado nas avaliações permite a realização de estimativas dos valores de Kc para diferentes condições de cultivo.
dc.description.uribitstream/item/163947/1/Conceicao-et-al2017.pdfpt_BR
dc.languagept_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherAgrometeoros, Passo Fundo, v. 25, n. 1, p. 203-210, ago. 2017.
dc.relation.ispartofEmbrapa Uva e Vinho - Artigo em periódico indexado (ALICE)
dc.subjectCultivo de videira
dc.subjectCoeficiente de cultivo
dc.subjectIsabel precoce
dc.subjectBRS Carmem
dc.subjectPorta-enxertos
dc.subjectVotuporanga (SP)
dc.subjectBrasil
dc.subjectUvas do Brasilpt_BR
dc.subjectVideira.pt_BR
dc.titleEstimativa dos coeficientes de cultivo (kc) de videiras para suco.
dc.typeArtigo em periódico indexado (ALICE)
dc.date.updated2019-05-06T11:11:11Zpt_BR
dc.subject.thesagroViticultura
dc.subject.thesagroIrrigação
dc.subject.thesagroEvapotranspiração
dc.subject.thesagroPorta enxerto.
dc.ainfo.id1075828
dc.ainfo.lastupdate2019-05-06 -03:00:00
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPUV)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Conceicaoetal2017.pdf794,65 kBAdobe PDFView/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace