Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1076124
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Caprinos e Ovinos - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2017
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: SILVA, R. A. B. e
BATISTA, M. do C. de Z.
ALVES, R. P. A.
ALVES, F. S. F.
PINHEIRO, R. R.
DINIZ, B. L. M.
RÊGO, W. M. F. do
CARDOSO, J. de F. S.
PAULA, N. R. de O.
Additional Information: Ricardo Abílio Bezerra e Silva, Universidade Federal do Piauí (UFPI) - Teresina, PI, Brasil.; Maria do Carmo de Souza Batista, UFPI - Teresina, PI, Brasil.; Raíssa Paula Araújo Alves, UFPI - Teresina, PI, Brasil.; FRANCISCO SELMO FERNANDES ALVES, CNPC; RAYMUNDO RIZALDO PINHEIRO, CNPC; Bruno Leandro Maranhão Diniz, UFPI - Teresina, PI, Brasil.; Wagner Martins Fontes do Rêgo, UFPI - Teresina, PI, Brasil.; Janaina de Fátima Saraiva Cardoso, UFPI - Teresina, PI, Brasil.; Ney Rômulo de Oliveira Paula, UFPI - Teresina, PI, Brasil.
Title: Investigação sorológica das lentiviroses de pequenos ruminantes nas microrregiões homogêneas do Alto Médio Canindé, Picos e Floriano, Piauí, Brasil.
Publisher: Arquivos do Instituto Biológico, São Paulo, v. 84, p. 1-8, e0302015, 2017.
Language: pt_BR
Keywords: Artrite encefalite caprina
Maedi-Visna
Imunodifusão em gel de ágar
Inquérito sorológico
Agar gel immunodiffusion test
Soroprevalência
IDGA
Caprine arthritis encephalit virus.
Description: Resumo: Lentivírus de pequenos ruminantes (LV) é o termo genérico utilizado para designar os vírus da artrite encefalite caprina e Maedi-Visna, os quais pertencem à família Retroviridae, subfamília Orthoretrovirinae, gênero Lentivirus. Tais vírus infectam caprinos e ovinos, causando enfermidades de curso lento com lesões inflamatórias, crônicas e degenerativas que podem atingir vários órgãos, provocando caquexia e morte. Os animais infectados eliminam o vírus sobretudo por meio de secreções e excreções e transmitem-no especialmente em situações de estreito contato. Não há tratamento até o momento. O controle é baseado na criação segregada, no manejo e no sacrifício dos positivos. Esse agente infeccioso já foi relatado em várias partes do mundo, sendo responsável por perdas econômicas significativas. Por o agente ter sido verificado em vários estados do Brasil e por não existirem dados soroepidemiológicos nas mesorregiões sudeste e sudoeste piauiense, esta pesquisa teve por objetivo realizar inquérito sorológico para investigar a ocorrência de anticorpos para o LV em ovinos e caprinos nas microrregiões do Alto Médio Canindé, Picos e Floriano, no Piauí. Para tanto, foram coletadas 1.280 e 1.360 amostras de soro caprino e ovino, respectivamente, oriundos de 20 municípios, distribuídos nas três microrregiões, sendo o número de amostras proporcional ao rebanho efetivo de cada município. As amostras de soro foram analisadas utilizando o teste de imunodifusão em gel de agarose (IDGA). Nenhum dos soros pesquisados reagiu positivamente, constatando-se soroprevalência nula. Ressalta-se a importância da implantação de um rigoroso programa de controle para que se possa evitar a introdução e/ou a disseminação desse agente infeccioso nessas microrregiões. [Serological investigation of lentiviruses of small ruminants in the microregions of Alto Médio Canindé, Picos and Floriano, Piauí state, Brazil]. Abstract: Small ruminant lentiviruses (LV) is the generic term for the caprine arthritis-encephalitis and ­­Maedi-Visna viruses, which belong to the Retroviridae family, Orthoretrovirinae subfamily, Lentivirus genus. The virus infects goats and sheep, causing slow course of disease with inflammatory, chronic and degenerative lesions, which can reach several organs, provoking cachexia and death. Infected animals eliminate the virus mainly through secretions and excretions and transmit it especially in close contact situations. There is no treatment to date. The control is based on segregated creation, management and sacrifice of the positive. This infectious agent has been reported in various parts of the world and is responsible for significant economic losses. It was verified in several states of Brazil and there are seroepidemiological data in southeast and southwest mesoregions of Piauí, Brazil. This research aimed to perform serological survey to investigate the occurrence of antibodies to LV in sheep and goats, in the regions of Alto Médio Canindé, Picos and Floriano. So, 1,280 and 1,360 serum goats and sheep samples, respectively, were collected, coming from 20 municipalities, distributed in the 3 microregions. The number of samples was proportional to the actual herd of each municipality. The samples were analyzed using the agar gel immunodiffusion test. None of the surveyed sera reacted positively, though there is a null seroprevalence. It was emphasized the importance of implementing a rigorous control program in order to prevent the introduction and spread of this infectious agent in these microregions.
Thesagro: Caprino
Ovino
Doença animal
Vírus
Agar.
NAL Thesaurus: Sheep
Goats
Lentivirus
Visna maedi virus
seroprevalence.
Data Created: 2017-09-22
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPC)

Files in This Item:
File SizeFormat 
CNPC2017Investigacao.pdf481,41 kBAdobe PDFView/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace