Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1081042
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Solos - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2017
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: SILVA, A. A. G. da
BARROS, A. H. C.
Additional Information: ANA ALEXANDRINA GAMA DA SILVA, CPATC; ALEXANDRE HUGO CEZAR BARROS, CNPS.
Title: Potencial climático para produção de coco (cocos nucifera L.) nos tabuleiros costeiros da região Nordeste do Brasil.
Publisher: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROMETEOROLOGIA, 20.; SIMPÓSIO DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS E DESERTIFICAÇÃO NO SEMIÁRIDO BRASILEIRO, 5., 2017, Juazeiro, Petrolina. A agrometeorologia na solução de problemas multiescala: anais. Petrolina: Embrapa Semiárido: Univasf, 2017.
Language: pt_BR
Keywords: Zoneamento
Potencial
Fruteiras
Nordeste.
Description: O coqueiro (cocos nucifera L.) é uma planta essencialmente tropical, que encontra condição climática favorável para o seu cultivo entre as latitudes de 20o e 20o S. No Nordeste do Brasil, a produção do coco ocupa um lugar de destaque na economia da região. A falta de informações sobre o manejo, e das condições do clima e o solo são as principais evidências das oscilações da produtividade comercial da cultura. Na região dos tabuleiros costeiros e na baixada litorânea a principal ameaça climática para a cultura do coco está relacionado à má distribuição interanual das chuvas e ao não atendimento da demanda hídrica durante todo o ciclo produtivo. O objetivo deste trabalho foi apresentar o potencial climático do coqueiro para produção comercial na região dos tabuleiros costeiros do Nordeste do Brasil. Para tanto, foram utilizadas as informações de temperatura do ar e precipitação pluviométrica do banco de dados da SUDENE, Inmet, Agritempo e ANA, totalizando 1425 postos com período de observação superior ou igual a 15 anos. Estimou-se o balanço hídrico climatológico, pelo método de Thornthwaite e Mather - 1955, considerando 125 mm de retenção de água no solo. Os resultados indicam que cerca de 68%, 57.495 km2 apresentam condições de potencial climático alto e ou médio para a cultura do coqueiro nos tabuleiros costeiros do Nordeste do Brasil. Apenas 31.7%, aproximadamente 26705 km2, foram identificadas áreas com potenciais climáticos restrito e baixo. As maiores restrições climáticas estão relacionadas ao excesso hídrico no Sul e a escassez hídrica no Norte da região dos tabuleiros costeiros.
Thesagro: Clima.
Data Created: 2017-11-29
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CNPS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017067.pdf774,43 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace