Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1084457
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Milho e Sorgo - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2017
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: GIUSTINA, L. D.
ROSSI, A. A. B.
VIEIRA, F. S.
TARDIN, F. D.
NEVES, L. G.
PEREIRA, T. N. S.
Additional Information: LUANA DELLA GIUSTINA, UFMT, Cuiaba, MT.; ANA APARECIDA BANDINI ROSSI, UNEMAT, Alta Floresta, MT.; FELIPE SAKAMOTO VIEIRA, UNEMAT, Alta Floresta, MT.; FLAVIO DESSAUNE TARDIN, CNPMS; LEONARDA GRILLO NEVES, UNEMAT, Caceres, MT.; TELMA NAIR SANTANA PEREIRA, UENF, Rio de Janeiro, RJ.
Title: Variabilidade genética em genótipos de Teca (Tectona grandis Linn. F.) baseada em marcadores moleculares ISSR e caracteres morfológicos.
Publisher: Ciência Florestal, Santa Maria, v. 27, n. 4, p. 1311-1324, out./dez. 2017.
Language: pt_BR
Keywords: Diversidade genética
Description: O objetivo deste estudo foi avaliar 50 genótipos de teca com base em marcadores moleculares ISSR. Dentre os genótipos estudados, 12 eram árvores candidatas, 36 vizinhas às candidatas e 02 árvores consideradas superiores com base no fenótipo, segundo a avaliação dos produtores. Esses genótipos foram propagados via seminal e possuem de 10 a 12 anos em campo. Para tal estudo foram coletadas em campo folhas jovens e expandidas de cada genótipo. O DNA total foi extraído e as amplificações foram feitas via PCR com 12 primers ISSR, previamente selecionados. As amostras foram aplicadas em gel de agarose 1,5% e submetidas à corrida de eletroforese. Para visualização dos produtos amplificados, o gel foi corado com brometo de etídeo e fotodocumentados em transiluminador UV. Os dados foram analisados utilizando-se o programa POPGENE 1.31 e os parâmetros de diversidade foram estimados. As análises de dissimilaridade foram estimadas pelo Índice de Jaccard e a construção do dendrograma foi feita com base no método UPGMA. Paralelamente, foi realizada a análise fenotípica de dados morfológicos referentes às árvores candidatas pela análise multicategórica. Todas as análises foram realizadas com auxílio do Programa Genes. Os 12 primers amplificaram 56 fragmentos. Para o índice de conteúdos polimórfico, os iniciadores UBC 841, UBC 857 e UBC 807 proporcionaram maiores valores, 0,329, 0,327 e 0,303, respectivamente. A diversidade genética das árvores candidatas (H = 0,1601 e I = 0,2301) foi similar à das vizinhas (H = 0,1507; I = 0,2178). O dendrograma gerado pelo método UPGMA formou 14 grupos, enquanto que no agrupamento com base em Tocher, 15 grupos foram formados. Quanto à análise fenotípica, a variável que mais contribuiu para a diversidade foi a formação de catana. Esses resultados refletem que há variabilidade entre os genótipos. Nota-se, portanto, a necessidade da ampliação da variabilidade do material, através da introdução de genótipos de diferentes procedências e não relacionados geneticamente.
Thesagro: Germoplasma
Melhoramento vegetal
Data Created: 2018-01-08
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPMS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Variabilidadegenetica4.pdf462,45 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace