Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1084486
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Algodão - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2017
Type of Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Authors: PEDROSA, M. B.
FREIRE, E. C.
MARTINS, M. C.
BRUGNERA, P.
BREDA, C. E.
SANTOS, G. B. dos
FRIEDRICH, M. E.
PERINA, F. J.
MORELLO, C. de L.
SUASSUNA, N. D.
Additional Information: MURILO BARROS PEDROSA, FUNDAÇÃO BAHIA; FREIRE, ELEUSIO CURVELO, COTTON CONSULTORIA; MÔNICA CANIN MARTINS, CÍRCULO VERDE; PEDRO BRUGNERA, CÍRCULO VERDE; CELITO EDUARDO BREDA, CÍRCULO VERDE; GENIVALDO BATISTA DOS SANTOS, CÍRCULO VERDE; MARLO EDIRCEU FRIEDRICH, FUNDAÇÃO BAHIA; FABIANO JOSE PERINA, CNPA; CAMILO DE LELIS MORELLO, CNPA; NELSON DIAS SUASSUNA, CNPA.
Title: Avaliação cultivares de algodoeiro herbáceo no cerrado do Estado da Bahia, safra 2014/2015.
Publisher: In: CONGRESSO BRASILEIRO DO ALGODÃO, 11., 2017, Maceió. Resumos... Inovação e rentabilidade na cotonicultura: resumos... Brasília, DF: Associação Brasileira dos Produtores de Algodão - Abrapa, 2017.
Language: pt_BR
Description: A escolha inadequada de cultivares convencionais e transgênicas de algodoeiro disponíveis no mercado pode trazer problemas como baixa produtividade e na qualidade de fibras. O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial produtivo de diferentes cultivares disponíveis na região do Cerrado baiano na safra 2014/15. O Ensaio foi conduzido na Fazenda Harmonia, município de Luiz Eduardo Magalhães, Estado da Bahia. Foram avaliadas 17 cultivares: TMG 81WS, DP 555BGRR, TMG 42WS, BRS 336, TMG 82WS, FM 975WS, FM 940 GL, FM 982GL, FM 944GL, IMA 5675B2RF, FM 913GLT, BRS 371RF, BRS 368RF, IMA 2106GL, DO 1240B2RF, FM 980GLT e DP 1228B2RF. Foi utilizado o delineamento experimental de blocos ao acaso com 17 tratamentos com quatro repetições. A área útil da parcela foi de 4 linhas de 6 metros (18,24m2), com espaçamento entre linhas de 0,76 m. O agrupamento das médias das cultivares foi feito pelo teste de Scott & Knott (5%). Quanto à produtividade de algodão em caroço, foram formados dois grupos estatisticamente diferentes. O grupo formado pelas cultivares mais produtivas: TMG 81WS (361,8@/ha), FM 975WS (354,8@/ha), DP 555 BGI RR (353,8@/ha), TMG 42WS (329,5@/ha), BRS 336 (329,0@/ha), TMG 82WS (328,8@/ha), FM 940 GL (320,7@/ha) e FM 982 GL (318,6@/ha); e o segundo grupo daquelas que apresentaram menores produtividades: FM 944 GL (290,7@/ha), IMA 5675 B2RF (288,5@/ha), FM 913 GLT (278,7@/ha), BRS 371 RF (275,7@/ha), BRS 368 RF (273,2@/ha), IMA 2106 GL (271,0@/ha), DP 1240 B2RF (260,9@/ha), FM 980 GLT (251,1@ha), DP 1228 B2RF (244,1@/ha). Quanto à produtividade de pluma, algumas cultivares apresentaram-se estatisticamente superiores: TMG 81 WS (158,5@/ha), DP 555BG1RR (151,4@/ha), FM 940 GL (146,8@/ha), FM 975 WS (144,5@/ha). Através dos resultados obtidos pode-se recomendar para plantio em área de refúgio (20% da lavoura) as cultivares BRS 336; BRS 371 RF; FM 944 GL e FM 982 GL. Já para área total recomenda-as as cultivares FM 975 WS; FM 913 GLT; FM 940 GLT; TMG 42 WS; TMG 82 WS; DP 555 BGRR e TMG 81 WS.
Thesagro: Algodão herbáceo
Variedade
NAL Thesaurus: Cotton
Data Created: 2018-01-08
Appears in Collections:Resumo em anais de congresso (CNPA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AvaliacaocultivaresBahia.pdf87,17 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace