Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1085160
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSIGNOR, D.
dc.contributor.authorDEON, M. D.
dc.contributor.otherDIANA SIGNOR DEON, CPATSA; MAGNUS DALL IGNA DEON, CPATSA.
dc.date.accessioned2018-05-22T00:50:42Z-
dc.date.available2018-05-22T00:50:42Z-
dc.date.created2018-01-12
dc.date.issued2017
dc.identifier.other57082
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1085160-
dc.descriptionO biocarvão é uma forma de carbono resistente à decomposição e sua aplicação ao solo promove melhorias em atributos que em melhores condições para o crescimento das plantas. O objetivo desse trabalho foi avaliar o efeito da adição de diferentes doses de biocarvão sobre a capacidade de retenção de água em um Argissolo e em um Vertissolo. O estudo foi realizado utilizando diferentes doses de biocarvão (0, 25, 50, 75 e 100%, proporção em massa) adicionadas a um Vertissolo e a um Argissolo. O experimento foi conduzido em esquema fatorial 5 x 2 (5 doses de biocarvão x 2 tipos de solo), em delineamento inteiramente casualizado, com três repetições. Nas misturas de solo+biocarvão foram determinadas as quantidades de água retida em diferentes tensões pelo método da centrífuga. A aplicação de biocarvão aumentou a quantidade de água no ponto de murcha permanente e na capacidade de campo do solo tanto no Vertissolo quanto no Argissolo, com efeitos de maior intensidade nesse último. O aumento de 1% na quantidade de biocarvão adicionada ao solo promoveu um aumento de 3,23 g kg-1 na quantidade de água disponível no solo, independentemente do solo avaliado. Assim, o biocarvão apresenta-se como um condicionador de solo com grande potencial para aumentar a retenção de água em solos da região Semiárida.
dc.description.uribitstream/item/177266/1/Diana-1.pdfpt_BR
dc.format1 CD-ROM.
dc.languagept_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherIn: CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROMETEOROLOGIA, 20; SIMPÓSIO DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS E DESERTIFICAÇÃO NO SEMIÁRIDO BRASILEIRO, 5., 2017, Juazeiro, BA. A agrometeorologia na solução de problemas multiescala: anais. Petrolina: Embrapa Semiárido; Juazeiro: UNIVASF; Campinas: Sociedade Brasileira de Agrometeorologia, 2017.
dc.relation.ispartofEmbrapa Semiárido - Artigo em anais de congresso (ALICE)
dc.subjectBiocarvão
dc.subjectRetenção de água
dc.subjectArgissolo
dc.subjectCapacidade de campo
dc.subjectPonto de murcha permanente
dc.titleInfluência do biocarvão na retenção de água em argissolo e vertissolo.
dc.typeArtigo em anais de congresso (ALICE)
dc.date.updated2018-05-22T00:50:42Zpt_BR
dc.subject.thesagroSolo
dc.subject.thesagroDisponibilidade de Água
dc.subject.thesagroVertissolo
dc.subject.nalthesaurusSoil
dc.subject.nalthesaurusbiochar
dc.ainfo.id1085160
dc.ainfo.lastupdate2018-05-21
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPATSA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Diana1.pdf226.65 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace