Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1088891
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Pantanal - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2017
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: SILVA, V. M. da
MARINHO, E. R. do A.
GIMARÃES, R. de C. A.
CAMPO, R. P.
BORSATO, A. V.
DONADON, J. R.
Additional Information: Vanessa Mandú da Silva, UFMS; ELIZANDRA ROCHA DO AMARAL MARINHO, UFMS; RITA DE CÁSSIA AVELLANEDA GIMARÃES, UFMS; RAQUEL PIRES CAMPO, UFMS; AURELIO VINICIUS BORSATO, SPM - E. Ponta Grossa; JULIANA RODRIGUES DONADON, UFMS.
Title: Protocolo para determinação de umidade em frutos de bocaiuva.
Publisher: SIMPÓSIO DE FRUTOS NATIVOS E EXÓTICOS, 2., 2017, Campo Grande. Anais... Campo Grande: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, 2017.
Pages: p. 81-83.
Language: pt_BR
Notes: Sinatex.
Description: Acrocomia é umas das espécies frutíferas nativas de maior incidência no Cerrado e Pantanal. O fruto de bocaiuva apresenta conteúdo de água elevado e com a tecnologia de secagem as perdas na pós-colheita são minimizadas, propiciando vida útil. O objetivo deste trabalho foi determinar protocolo de determinação de umidade em frutos de bocaiuva in natura e desidratados em diferentes condições de ar. Os frutos foram coletados na região de Corumbá, MS, em dezembro de 2016, sanitizados com água clorada a 200mg L-1 de cloro ativo, por 10 min e submetidos a secagem artificial com circulação de ar a 40, 50, 60 e 70°C e armazenados em ambiente de laboratório por até 120 dias. A umidade foi determinada pelo método gravimétrico em estufa a 105°C, após 24, 48, 72 horas e 72h+4h. No tratamento 72+4h, os frutos foram mantidos em estufa a 105ºC por 72h, quando descascados e mantidos por 4 horas. Conclui-se neste trabalho que a umidade do fruto in natura aumentou com o tempo de exposição a 105°C nas primeira s 24h e nas 72h+4h, se manteve estável. Nos produtos desidratados a 40 e 50°C se estabilizou após 24-48h, enquanto para 60 e 70ºC no tempo de 72h. No armazenamento de 120 dias, teve aumento no tempo e exposição a 105°C, embora não houve difere nças estatísticas. Para padronização da umidade dos frutos a 105°C, o tempo de 72h é suficiente para retirar a água adsorvida e absorvida, independentemente da umidade inicial e da temperatura de secagem.
Thesagro: Bocaiuva
NAL Thesaurus: Acrocomia
Data Created: 2018-03-09
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPAP)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AnaisSintaxAurelio.pdf67,39 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace