Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1094420
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorDUARTE, L. B. H.
dc.contributor.authorMORAES, J. C. F.
dc.contributor.authorWEIMER, T. de A.
dc.contributor.otherLetícia Becker Homrich Duarte, UFRGS; JOSE CARLOS FERRUGEM MORAES, CPPSUL; Tania de Azevedo Weimer, UFRGS.
dc.date.accessioned2018-08-24T00:54:06Z-
dc.date.available2018-08-24T00:54:06Z-
dc.date.created2018-08-23
dc.date.issued2005
dc.identifier.other14344
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1094420-
dc.descriptionA diversidade genética de três microssatélites (ILSTS027, MBO22, BM4325) mapeados no cromossomo bovino 15 e ligados ao gene do hormônio folículo estimulante, cadeia b (FSHb) foi investigada em fêmeas de um rebanho bovino Brangus Ibagé. Além de estimar a variabilidade genética do rebanho, avaliou-se a eficiência destes marcadores para a identificação individual e controle de paternidade. Verificaram-se também possíveis associações entre os marcadores e o desempenho reprodutivo. Seis alelos foram detectados em BM4325 e ILSTS027 e 12 foram observados em MB022, os mais freqüentes sendo, BM4325*101, BM4325*103, ILSTS027*169 e MB022*229. O conteúdo de informação polimórfica variou entre 0,58 a 0,88 enquanto a heterozigosidade esperada oscilou entre 65% e 89%, sendo o valor médio de 77%. Embora apenas três marcadores tenham sido investigados, os valores combinados indicam alto poder de exclusão de um falso progenitor (94%) e de identificação individual (3,8 x 10-4). As análises de associação baseadas nos parâmetros estatísticos [MB022 (n=104, CI=545,3±127,0, WFC=349,9±53,4), BM4325(n=106, CI=542,2±124,9, WFC=350,5±54,4) e ILSTS027(n=105, CI=543,4±124,5, WFC=350,1±54,5)] não indicaram associação positiva entre os microssatélites e o peso da vaca ao parto. O intervalo entre partos também não parece ser influenciado pelos marcadores ILSTS027 ou MB022. No entanto, portadores de pelo menos um alelo BM4325*101 apresentaram intervalo entre partos 54 dias mais curto que os demais animais (p=0,04; n=106). Este marcador pode ser útil para seleção assistida por marcadores, permitindo a melhoria do desempenho reprodutivo, pelo menos no rebanho Brangus Ibagé.
dc.description.uribitstream/item/181803/1/Duarte-2005-Diversity-of-microsatellites-linked.pdfpt_BR
dc.languageen
dc.language.isoengeng
dc.publisherCiência Rural, v. 35, n. 1, p. 145-149, jan./fev. 2005.
dc.relation.ispartofEmbrapa Pecuária Sul - Artigo em periódico indexado (ALICE)
dc.subjectBrangus Ibagé
dc.titleDiversity of microsatellites linked to the FSH[beta]; gene, their usefulness for individual identification and association with reproductive. performance.
dc.typeArtigo em periódico indexado (ALICE)
dc.date.updated2018-08-24T00:54:06Zpt_BR
dc.subject.thesagroReprodução Animal
dc.subject.thesagroMarcador Genético
dc.ainfo.id1094420
dc.ainfo.lastupdate2018-08-23
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CPPSUL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Duarte2005Diversityofmicrosatelliteslinked.pdf36,88 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace