Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1094942
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorREIS, L. P.
dc.contributor.authorTORRES, C. M. M. E.
dc.contributor.authorSOUZA, A. L. de
dc.contributor.authorFREITAS, L. J. M. de
dc.contributor.authorREIS, P. C. M. dos R.
dc.contributor.authorSILVA, L. F. da
dc.contributor.authorLEITE, R. V.
dc.date.accessioned2018-09-04T01:25:32Z-
dc.date.available2018-09-04T01:25:32Z-
dc.date.created2018-09-03
dc.date.issued2018
dc.identifier.citationCiência Florestal, Santa Maria, v. 28, n. 2, p. 715-724, abr./jun. 2018.
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1094942-
dc.descriptionNo manejo florestal é importante projetar a distribuição diamétrica ao longo do ciclo de corte para subsidiar as técnicas silviculturais mais adequadas à estrutura da floresta. O objetivo do trabalho foi projetar a distribuição diamétrica ao longo do ciclo de corte utilizando Matriz de Transição Markoviana. Em 1979 foi realizada a colheita seletiva, com intensidade de 72,5 m3 ha-1, em uma área de 64 ha, na Floresta Nacional do Tapajós, Pará. Em 1981 foram instaladas, aleatoriamente, 36 parcelas permanentes de 50 m x 50 m medidas sucessivamente em 1982, 1983, 1985, 1987, 1992, 1997, 2007, 2010 e 2012. Para a projeção foram usadas duas matrizes de transição: uma com intervalo de tempo de um ano (1981 a 1982) e outra de dois anos (1981 a 1983). Todas as projeções apresentaram distribuição diamétrica em forma de ?J? invertido, com pequena descontinuidade no último ano (2012). Houve aderência da distribuição diamétrica a 5% de significância entre os dados observados e estimados até aos 11 anos de projeção. A matriz de transição pode ser usada para projetar a distribuição diamétrica após a colheita em pequenos períodos de tempo após a colheita florestal.
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectManejo florestal
dc.subjectDistribuição diamétrica
dc.subjectModelo de crescimento
dc.titlePrognose da distribuição diamétrica por matriz de transição em floresta após colheita no leste da Amazônia.
dc.typeArtigo de periódico
dc.date.updated2018-09-04T01:25:32Zpt_BR
dc.subject.thesagroManejo
dc.subject.thesagroFloresta
riaa.ainfo.id1094942
riaa.ainfo.lastupdate2018-09-03
dc.identifier.doi10.5902/1980509832083
dc.contributor.institutionLeonardo Pequeno Reis, Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá; Carlos Moreira Miquelino Eleto Torres, UFV; Agostinho Lopes de Souza, UFV; LUCAS JOSE MAZZEI DE FREITAS, CPATU; Pamella Carolline Marques dos Reis Reis, Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá; Liniker Fernandes da Silva, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia; Rodrigo Vieira Leite, GRADUANDO UFV.
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CPATU)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
320831587081PB.pdf732,61 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace