Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1095119
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Territorial - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2018
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: GODOI, W. C. DE
RODRIGUES, C. A. G.
GREGO, C. R.
GARCON, E. A. M.
ALVAREZ, I. A.
Additional Information: WILLIAM CASTRO DE GODOI, BOLSISTA CNPM; CRISTINA APARECIDA G RODRIGUES, CNPM; CELIA REGINA GREGO, CNPTIA; EDLENE APARECIDA MONTEIRO GARCON, CNPM; IVAN ANDRE ALVAREZ, CNPM.
Title: Adequação ambiental de uma propriedade rural do circuito das frutas.
Publisher: In: CONGRESSO INTERINSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 12., 2018, Campinas. Anais... Campinas: Instituto Agronômico (IAC), 2018.
Pages: 12 p.
Language: pt_BR
Keywords: Áreas de reserva
Description: A propriedade rural de agricultura familiar estudada (0,75 módulo fiscal) localiza-se no município de Atibaia (SP), que faz parte do Circuito das Frutas. O objetivo neste trabalho foi verificar o passivo ambiental relativo às áreas de preservação permanente (APPs) do município e verificar a adequação ambiental de uma típica propriedade rural segundo a legislação ambiental (Leis nº 12.651/2012 e 12.727/2012) quanto a APPs e reservas legais (RLs). Para elaborar o estudo do passivo ambiental relativo às áreas de APP para o município de Atibaia, foram utilizados o mapeamento de uso e cobertura das terras, os dados do Sicar?SP e mapas e dados da Prefeitura da Estância de Atibaia. A propriedade avaliada tem plantações de pêssego, banana, morango, laranja, carambola e goiaba, além de áreas de APP, e não apresentou inadequação ambiental em relação à legislação. Foi contabilizada no município de Atibaia uma área de 982,18 ha de APPs a passar por recuperação, recomposição, regeneração ou compensação, sendo 42,6% da área localizada em zona urbana e 57,4% em zona rural. As medidas de adequação ambiental no estado de São Paulo, em municípios ou propriedades rurais individuais deveriam ser planejadas no âmbito do território de forma integrada com a gestão pública, as instituições interessadas e a comunidade rural e urbana, para integrar os fragmentos de vegetação nativa para formar sólidos corredores ecológicos, regularizar o fluxo hídrico com redução do assoreamento dos rios sem riscos de inundações e assegurar a sustentabilidade dos ecossistemas.
Thesagro: Agricultura Familiar
Legislação
Data Created: 2018-09-05
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CNPM)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
4971.pdf1,12 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace