Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1096691
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Amazônia Oriental - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2014
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: LOBATO, G. de J. M.
LUCAS, F. C. A.
TAVARES-MARTINS, A. C. C.
JARDIM, M. A. G.
MARTORANO, L. G.
PAULA, M. T. de
Additional Information: Gerciene de Jesus Miranda Lobato, MESTRANDA UEPA; Flávia Cristina Araújo Lucas, UEPA; Ana Cláudia Caldeira Tavares-Martins, UEPA; Mário Augusto Gonçalves Jardim, MPEG; LUCIETA GUERREIRO MARTORANO, UEPA / CPATU; Manoel Tavares de Paula, UEPA.
Title: Temperatura e umidade relativa do ar em ambientes com e sem vegetação no bairro Mutirão, Abaetetuba, Pará, Brasil.
Publisher: In: SIMPÓSIO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS NA AMAZÔNIA, 3., 2014, Belém, PA. Anais: artigos aprovados - 2014. [Belém, PA]: Universidade do Estado do Pará, Centro de Ciências Naturais e Tecnologia, 2014.
Pages: v. 3, p. 479-486.
Language: pt_BR
Keywords: Abaetetuba
Description: A expansão urbana conduz a inúmeras alterações ambientais, como a retirada da vegetação, que ocasiona impactos climáticos, os quais podem contribuir na qualidade de vida da população. O estudo objetivou verificar o comportamento da temperatura e umidade relativa do ar em ambiente com e sem vegetação no bairro Mutirão, Abaetetuba, Pará. Os dados meteorológicos (Temperatura e Umidade Relativa do ar) foram medidos durante 15 dias, às 9h, 12h, 15h, 18h e 21h no mês de dezembro/2013. Para isso, foram instalados dois sensores térmico-hídricos, estando o primeiro em uma área bosqueada denominada Ambiente com Vegetação (ACV) e o segundo em um local gramado exposto a radiação solar, nomeado de Ambiente sem Vegetação (ASV). A significância dos fatores estudados foi realizada pelo teste F e as médias comparadas pelo teste de Tukey a 5%. A presença da vegetação influenciou nas condições térmico-hídricas, pois houve diferenças estatísticas significativas entre os ambientes analisados. O valor médio do ACV foi de 28,1°C para temperatura e 89% para a umidade relativa, enquanto o ASV mostrou 28,9°C e 81,23%. A maior temperatura foi constatada no horário de 12h (30,8°C) e a menor registrada no horário de 21h (25,9°C). Para a umidade o comportamento foi inversamente proporcional ao da temperatura, com média de 93,48% no horário de 21h e média de 75,36% em 12h. A vegetação é um elemento que contribui para interceptação da radiação solar possibilitando diminuição dos efeitos térmicos em hora crítica de intenso calor, e, portanto, deve ser componente conservado em zonas urbanas.
Thesagro: Clima
Temperatura
Umidade Relativa
Data Created: 2018-10-01
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPATU)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Lucieta2014.pdf469,51 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace