Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1099769
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Pantanal - Tese/dissertação (ALICE)
Issue Date: 2018
Type of Material: Tese/dissertação (ALICE)
Authors: ANACHE, N. A.
Additional Information: NATHÁLIA ALBANEZE ANACHE, UFMS.
Title: Metodologias de identificação do estro como alternativa de otimizar os resultados da IATF.
Publisher: 2018.
Pages: 43 f.
Language: pt_BR
Notes: Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, MS. Orientador: Prof. Dr. Ériklis Nogueira.
Keywords: Bastão marcador
Bolus intraruminal
Drone
Estro
Marker stick
Intraruminal bolus
Description: Sabe-se que a expressão de cio aumenta as taxas de prenhez em protocolos de IATF, e a busca de métodos de detecção de cio com menor utilização de mão de obra, é desejável, seja em protocolos de IATF ou mesmo para uso da IA tradicional. Assim, a pesquisa teve como objetivo comparar a eficácia de diferentes técnicas de detecção de cio em vacas Nelore submetidas a protocolos de IATF e suas relações com a fertilidade. Foram usadas as técnicas: bolus intraruminal com sensor de temperatura (Trr), bastão marcador na região sacro-caudal, em que: ESCT1: sem expressão de cio; ESCT2: baixa expressão de cio; ESCT3: alta expressão de cio; e observação visual de cio com auxílio de drone. A pesquisa foi realizada na Embrapa Gado de Corte, em Campo Grande ? MS, com 44 vacas pluríparas, avaliadas pelas três técnicas. Foi feita a introdução por via esofágica do bolus intraruminal e a coleta de dados foi realizada durante os dias 8, 9 e 10 do protocolo de IATF, de três manejos (D0, D8 e D10). Foi feita a marcação dos animais com o bastão na região sacro-caudal e na região dorsal, para facilitar a identificação na observação visual com o drone, que ocorreu duas vezes ao dia, por 60 minutos. O Dg foi realizado 30 dias após a IATF. A expressão de cio de acordo com o método foi avaliada pelo teste de Qui- Quadrado (p<0,05). Para analisar o efeito do método de detecção na probabilidade de prenhez de IATF foi utilizado o pacote PROC LOGISTIC do SAS. A quantidade de vacas identificadas em cio foi de: 61,36% (27/44) com o BOLUS; 56.81% (25/44) com DRONE, e 75% (33/44) com BASTÃO (ESCT 2 e 3), não diferindo a % de cio entre os métodos (P= 0.1794). A taxa de prenhez de IATF foi de 56% e a detecção de cio com bastão apresentou efeito (P= 0,006) sobre a probabilidade de prenhez de IATF, assim como com o DRONE (P= 0,016). Já no BOLUS não houve efeito sobre a probabilidade de prenhez (P= 0.3586). A comparação dos métodos quanto à detecção do cio mostrou que a capacidade de observação das técnicas foi semelhante, porém, quando correlacionado com a taxa de prenhez da IATF, a utilização do bastão marcador e observação visual através de imagens com drone foram mais eficientes.
Thesagro: Temperatura
NAL Thesaurus: Estrus
Temperature
Year: 2018-11-21
Appears in Collections:Tese/dissertação (CPAP)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissetacaonathaliaanache.pdf768,37 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace