Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1101348
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Amazônia Oriental - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2018
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: CAMPOS, M. V. A.
LEAO, N. V. M.
SHIMIZU, E. S. C.
FREITAS, A. D. D. de
FELIPE, S. H. S.
Additional Information: Marcus Victor Almeida Campos, GRADUANDO UEPA; NOEMI VIANNA MARTINS LEAO, CPATU; ELIZABETH SANTOS CORDEIRO SHIMIZU, CPATU; Alessandra Doce Dias de Freitas, UFPA; Sérgio Heitor Sousa Felipe, DOUTORANDO UFV.
Title: Atributos biofísicos de frutos e sementes e emergência de plântulas de jutaí-açú.
Publisher: Enciclopédia Biosfera, v. 15, n. 27, p. 124-132, 2018.
Language: pt_BR
Keywords: Diversidade morfométrica
Massa fresca
Description: Estudos biométricos de frutos e sementes podem detectar variabilidade fenotípica entre indivíduos da mesma espécie e serem aplicados em programas de melhoramento genético. Além disso, contribuem para a seleção de sementes com maior padrão de qualidade biofísica a serem destinadas à produção de mudas. O trabalho objetivou avaliar os atributos biofísicos de frutos e sementes e emergência de plântulas de diferentes procedências de jutaí-açú (Hymenaea courbaril L.). Os frutos e sementes são procedentes dos municípios de Ananindeua e Portel, Pará. Para a avaliação biométrica de frutos e sementes e massa fresca foram utilizados 50 e 100 unidades, respectivamente. Adicionalmente, avaliou-se o grau de umidade e número de sementes por fruto. O teste de emergência foi realizado em delineamento inteiramente ao acaso, constando de quatro repetições de 25 sementes. Avaliou-se a porcentagem de emergência (E), índice de velocidade de emergência (IVE) e tempo médio de emergência (TME). A procedência de Ananindeua apresentou maiores médias para comprimento, espessura e número de sementes por fruto. Em contraste, a procedência de Portel apresentou as maiores médias para comprimento e espessura das sementes. A procedência de Ananindeua foi superior fisiologicamente em relação à procedência Portel, sendo E igual a 73 e 21%, respectivamente, o TME foi 14,86 e 23,03, respectivamente, e o IVE foi 1,27 e 0,23, respectivamente. Os resultados evidenciam variações entre os atributos biofísicos e fisiológicos das duas procedências.
Thesagro: Hymenaea Courbaril
Semente
Data Created: 2018-12-12
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CPATU)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
atributosbiofisicos.pdf377,55 kBAdobe PDFView/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace