Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1102211
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Agroindústria Tropical - Tese/dissertação (ALICE)
Date Issued: 2018
Type of Material: Tese/dissertação (ALICE)
Authors: NASCIMENTO, D. M. do
Additional Information: DIEGO MAGALHÃES DO NASCIMENTO, Universidade Federal do Ceará.
Title: Hidrogéis verdes reforçados com nanocristais e nanofibrilas de celulose.
Publisher: 2018
Pages: 61 p.
Language: pt_BR
Notes: Tese (Doutorado em Química) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza. Orientadora: Morsyleide de Freitas Rosa. Coorientadora: Judith Pessoa de Andrade Feitosa.
Keywords: Hidrogel
Nanocelulose
Fibras de línter
Fibras de coco
Liberação controlada
Description: O desenvolvimento do Nordeste, principalmente da Zona Semiárida, é em parte dependente da incidência de secas, fenômeno que dificulta o aumento da produção e exportação de alimentos, limitando o crescimento econômico da região nas últimas décadas. Uma alternativa para contornar o problema da viabilidade do cultivo de diferentes culturas agrícolas em solos áridos é aumentar a disponibilidade de água e evitar o desperdício de insumos agrícolas. Nesse sentido, a produção de hidrogéis reforçados com nanocelulose em diferentes matrizes para aplicação como sistemas de liberação de nutrientes é descrito. Inicialmente, nanoestruturas de celulose foram extraídas de fibras de línter e coco. Os hidrogéis nanocompósitos foram obtidos a partir da combinação das nanocargas pelas seguintes rotas distintas: i) reforço mecânico em matriz de gelatina; ii) modificação química das nanocargas e copolimerização com N,N?-dimetilacrilamida e iii) formação de uma estrutura de dupla membrana com alginato de sódio. Os hidrogéis foram usados para regular a liberação de água e fertilizantes. Todos os hidrogéis serão submetidos à Análise de Ciclo de Vida objetivando avaliar o impacto ambiental da sua produção. As etapas já concluídas do estudo foram: planejamento fatorial completo em dois níveis para avaliar o impacto de variáveis significativas e determinar a condição ótima de prétratamento (explosão a vapor e organossolve) para a fibra de coco, composição química, morfológica e espectroscópica das fibras, caracterização estrutural dos nanocristais de celulose sem modificação e com modificação química de superfície e avaliação do intumescimento dos hidrogéis. Os hidrogéis de gelatina reforçados com nanocristais de celulose apresentaram estrutura porosa, absorção de água maior que 10 vezes a sua massa seca e maior resistência que o hidrogel sem reforço. Os hidrogéis com estrutura dupla membrana apresentaram uma absorção de água inferior aos hidrogéis contento apenas uma rede polimérica.
Data Created: 2018-12-20
Appears in Collections:Tese/dissertação (CNPAT)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TeseDiego.pdf2,67 MBAdobe PDFView/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace