Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1102264
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Solos - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2018
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: CARVALHO, V. P.
LIMA, E. de P.
LYRA, G. B.
PEREIRA, C. R.
LYRA, G. B.
Additional Information: VITOR PEREIRA CARVALHO, UFF; EVALDO DE PAIVA LIMA, CNPS; GUILHERME BASTOS LYRA, UFAL; CARLOS RODRIGUES PEREIRA, UFF; GUSTAVO BASTOS LYRA, UFRRJ.
Title: Balanço de água no solo para o cultivo de lúpulo no Município de Resende, Rio de Janeiro.
Publisher: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METEOROLOGIA, 20., 2018, Maceió. Desafios do monitoramento meteorológico: anais. Maceió: UFAL, 2018. p. 2984-3003.
Language: pt_BR
Keywords: Déficit hídrico
Description: O lúpulo é uma flor de planta trepadeira da espécie Humulus lupulus que é comumente utilizada na fabricação de cerveja, em conjunto com água, malte e levedura. A demanda de lúpulo tem crescido no Brasil, cerca de 20 % ao ano, devido ao crescimento do mercado de cervejas artesanais. Recentemente, na região de Resende-RJ, identificou-se regiões de risco climático baixo e moderado para o cultivo de lúpulo. O presente trabalho teve como objetivo realizar o balanço de água no solo para a região de Resende para três épocas de plantio diferentes para verificar o melhor período de plantio. Nas simulações do balanço considerou-se a escala diária de séries meteorológicas no período de 1961 a 1996. O balanço de água no solo foi simulado com o modelo KcDual FAO-56 e considerou o modelo de Hargreaves-Samani na estimativa da evapotranspiração de referência. O balanço hídrico mostrou que a fase inicial de desenvolvimento, em termos de necessidades hídricas, foi o período mais crítico na região de Resende, e a cultura pode demandar irrigação. Ademais, as simulações mostraram que as probabilidades de déficit hídrico na fase inicial foi de 82,57% para o cultivo precoce, 62,86% para o cultivo normal e 65,15% para o cultivo tardio. Para a fase de crescimento, as probabilidades de déficit foram menores, ou seja, 32,5% no cultivo precoce, 7,32% no cultivo normal e 11,61% no cultivo tardio. O cultivo normal, com início na segunda quinzena de setembro, é o mais recomendado para evitar o déficit hídrico.
Thesagro: Lúpulo
Humulus Lupulus
Evapotranspiração
Data Created: 2018-12-20
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CNPS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019020.pdf1,19 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace